Construtores de NY criam hotel com micro quartos atrás de lucro

Oshrat Carmiel

  • Bloomberg/Avroko

Os incorporadores Oleg Pavlov e Seth Schumer acabam de finalizar a construção de dois edifícios em Manhattan. Agora vem a parte difícil: fazer com que uma nova marca de hotéis decole.

A dupla, formada por dois executivos da Quadrum Global, que tem sede em Londres, inicialmente planejava unir-se à Commune Hotels & Resorts, de John Pritzker, para inaugurar propriedades com a marca de micro unidades Tommie, pertencente a esta empresa. Em vez disso, eles se separaram da Commune -- e da fama de sua marca -- e estão criando sua própria empresa de hospedagem, a Arlo.

Os dois sócios estão espremendo 575 quartos nos dois edifícios, cada um com até 15 metros quadrados, em um esforço para maximizar os lucros em um mercado em que os altos custos dos terrenos e o rápido crescimento da oferta de quartos estão acabando com o poder de compra das operadoras e reduzindo os retornos dos incorporadores. Neste ano, até junho, as tarifas médias da noite por quarto na cidade de Nova York caíram 3,3 por cento em relação ao mesmo período de 2015, para US$ 237,93, e a receita por quarto disponível -- um indicador de desempenho usado pelo setor hoteleiro -- caiu 3,2 por cento, segundo a empresa de dados de alojamentos STR.

"Para que um projeto seja viável, é preciso cobrar uma quantia significativamente maior pelo mesmo quarto posicionando-o no segmento de luxo ou espremer mais quartos no mesmo terreno", disse Pavlov, fundador e CEO da Quadrum, em entrevista. "Esperamos que nossos hóspedes apreciem o fato de que, embora pequeno, o quarto tem tudo o que eles precisam. Em essência, nós replicamos um hotel butique em um pacote muito menor".

Hudson Square

O primeiro Arlo, em Hudson Square, perto da boca do Holland Tunnel, abrirá em 6 de setembro, a tempo de receber hóspedes para a Semana de Moda de Nova York. O segundo abrirá cerca de um mês depois. A Quadrum tem parceiros de joint venture em ambas as propriedades.

Para a noite de inauguração, um quarto com beliches no Arlo de Hudson Square sairá por US$ 199 e um quarto com uma cama de casal queen e varanda é listado a US$ 339, segundo o site Hotels.com. Todas as unidades têm TV de LED de 47 polegadas e os quartos com beliche contam com um aparelho para cada cama.

O espaço é apertado: a cama king-size toca as paredes em ambas as extremidades, os frigobares são encaixados nos criados-mudos e pinos na parede são usados para pendurar as roupas. A mesa é uma prateleira retrátil presa à parede.

"A ideia é não passar o tempo no quarto", disse Schumer, chefe de investimentos nos EUA da Quadrum, em um passeio pela unidade de Hudson Square, na semana passada.

Hotel antigo do Rio é revitalizado e vira centro de visitantes

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos