Bolsas

Câmbio

Expectativa com permanência de Temer move o mercado

Josué Leonel e Marisa Castellani

(Bloomberg) -- A expectativa de que o governo Temer saia vencedor nas votações no Congresso a partir de hoje ajuda a derrubar o dólar e os juros futuros. O mercado espera que o presidente interino mostre que não foi enfraquecido pelas notícias sobre delações e sinalize que terá forças para acelerar as reformas na segunda fase de seu governo, que deverá começar no final deste mês caso se confirme o afastamento definitivo de Dilma Rousseff.

O mercado vê se aproximar a virada do governo para o estágio 'Temer-2', diz Solange Srour, economista-chefe da ARX Investimentos. "Para o pós-impeachment, a expectativa é que as equipes econômica e política façam acontecer; que apresentem, enumerem quais são as reformas e façam o processo avançar rapidamente; se isso não acontecer, mercado pode reagir negativamente".

O mercado aguarda uma demonstração de força de Temer na votação esperada para começar hoje no Senado, que permite a continuidade do processo de impeachment. Ninguém no mercado conta com a sobrevivência de Dilma, mas espera-se que o afastamento seja não apenas confirmado como aconteça com margem expressiva. Uma margem folgada mostraria que o Congresso está "do lado de Temer", melhorando as expectativas sobre as reformas, diz Olavo Souza, gerente de renda fixa da Mirae Corretora.

Embora se considere que apenas após Temer se tornar presidente definitivo o governo poderá ser mais duro no encaminhamento de reformas, a expectativa é de uma vitória do Planalto na votação sobre a dívida dos estados, também esperada para hoje e que deve incluir um teto para os gastos. O mercado vai entender se o governo aceitar mudanças, mas desde que o ganho fiscal não seja totalmente desfigurado.

O cenário externo, com economia americana em crescimento e sem alta de juros do Fed no curto prazo, também favorece o real, assim como o ainda elevado diferencial entre os juros interno e externo. Para Souza, da Mirae, desde que não haja surpresas indesejadas no caminho, o dólar pode acelerar a queda e testar os R$ 3,00.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos