Bolsas

Câmbio

Após 67% de ganho, maior hedge fund aposta em retomada do Brasil

Eduardo Thomson e Denyse Godoy

(Bloomberg) -- Um dos hedge funds com melhor performance do Brasil está focando na incipiente recuperação econômica do país após lucrar com empresas mais resistentes à crise.

A Constellation Investimentos e Participações, que tem sede em São Paulo, está comprando agora ações de bancos e da locadora de automóveis Localiza Rent a Car, que pode ter uma recuperação nos lucros após cortar despesas durante a crise e roubar mercado de suas concorrentes, disse o presidente e sócio-fundador Florian Bartunek.

O fundo Constellation Fund SPC - Ações Class II, que investe apenas em ações brasileiras, teve um retorno de 67 por cento em 2016, superior ao de 98 por cento de seus 302 pares.

"Há muita capacidade não utilizada, então as empresas não vão precisar investir nem contratar um monte de gente no início da recuperação da economia", diz Bartunek que, junto com Rafael Sales e Marcelo Silva, gerencia cerca de US$ 800 milhões em ativos. "Devemos ver um aumento das margens durante a retomada do país."

O Ibovespa subiu 65 por cento neste ano em dólares - a maior alta no mundo -- com o otimismo de que o presidente interino, Michel Temer, vai tirar a economia da sua pior recessão em mais de um século.

E há sinais de que a situação está lentamente melhorando. Na semana passada, por exemplo, o Credit Suisse elevou a projeção de crescimento do país em 2016.

Entre as apostas mais rentáveis da Constellation recentemente estão a operadora da bolsa, a BM&FBovespa, e a rede de laboratórios de análises clínicas Fleury. As ações dessas empresas subiram 66 por cento e 131 por cento, respectivamente, em 2016.

Mas a Constellation não é a única a enxergar potencial de ganhos adicionais nas ações brasileiras. O iShares MSCI Brazil Capped ETF, maior fundo do tipo negociado nos EUA, teve US$ 647 milhões em entradas de recursos em 2016, maior total desde 2011.

O rápido aumento do interesse dos investidores estrangeiros ameaça criar uma "bolha" no mercado de ações do Brasil, disse Bartunek por telefone.

Contudo, ele está otimista e espera uma melhora nas margens e nos lucros das empresas. O Ibovespa é negociado a 13,2 vezes os lucros estimados, 21 por cento acima da média dos últimos cinco anos.

"Podemos até mesmo viver uma bolha no Brasil devido à escassez de boas ideias, considerando que o Brasil ainda é bastante detestado", disse ele.

"Se não houver uma melhora na economia, talvez o Brasil esteja com um preço justo, mas se houver uma melhora na economia e nos lucros, o Brasil ainda está barato."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos