Cotações mais altas da região atraem investidores para o Vietnã

Nguyen Kieu Giang

(Bloomberg) -- As ações vietnamitas estão mais caras que as dos seus pares do Sudeste Asiático pela primeira vez em cinco anos --e elas estão prestes a ficarem ainda mais caras.

"Há espaço para crescer", disse Dominic Scriven, presidente da Dragon Capital na Cidade de Ho Chi Minh. "Projetamos um crescimento líquido de 19% nos resultados para o ano que vem" porque a economia está se expandindo e a inflação se mantém estável, disse ele.

O VN Index de referência opera os resultados a 15,9 vezes, em comparação com as 14,7 vezes do MSCI South East Asia Index. Um ganho de 15% no VN Index fez com que ele apresentasse desempenho superior ao do MSCI Frontier Markets Index e ao indicador de referência South East Asia. O indicador aumentou 0,2 por cento no encerramento desta terça-feira.

"Projeta-se que o valor" do mercado "continue aumentando em 2017" devido às próximas cotações de empresas atraentes, disse Le Nguyet Anh, diretor de pesquisa da ACB Securities JSC. "Enquanto isso, para as ações cotadas atualmente, um crescimento decente dos resultados dará o impulso principal ao crescimento dos preços".

Crescimento

Economistas projetam que o Vietnã será uma das economias que mais rápido crescerá no mundo em 2016 porque se beneficiará de um setor de fabricação cuja importância aumentou com os anos.

Maiores investimentos estrangeiros diretos ajudaram a levar o VN Index para 688,89 pontos, o valor mais alto em oito anos, em 19 de outubro. O governo visa um crescimento de 6,7% do PIB para o ano que vem, que será o ritmo mais veloz desde 2007. Projeta-se que os lucros das empresas no indicador de referência cresçam 23% nos próximos 12 meses, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Esse é um "momento excelente" para investir no Vietnã porque o governo acelerou o processo de venda de grandes empresas, disse Andy Ho, diretor de investimentos da VinaCapital.

A venda de participações em grandes empresas como a Saigon Beer Alcohol Beverage e a Hanoi Beer Alcohol Beverage, planejada pelo governo vietnamita para o ano que vem, é considerada "encorajadora" para os investidores, segundo Ho. "Há empresas muito boas nas quais o governo permite, agora, companhias estrangeiras, como investidores institucionais como nós, colocando dinheiro".

Cotações

Além das vendas, o governo também fez com que as empresas cotem ações na bolsa, o que "aumentou o interesse" do mercado acionário, segundo Attila Vadja, diretor administrativo da Project Asia Research and Consulting. O mercado receberá bem as futuras cotações de algumas grandes empresas, entre elas a Vietnam Airlines e a Vietnam National Textile and Garment Group.

Em novembro, a Vietnam Airlines disse que começaria a cotar ações no Unlisted Public Company Market (UpCom) antes de 31 de dezembro, e a Vinatex, nome popular do grupo têxtil, planeja cotar 500 milhões de ações no UpCom na primeira semana de janeiro.

"Algumas cotações novas atrairão suficiente entusiasmo para permitir ao índice crescer moderadamente, se não houver choques comerciais externos provocados por políticas protecionistas dos EUA", disse Vadja.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos