As empresas aéreas com o melhor e o pior desempenho do mundo

Nikki Ekstein

(Bloomberg) -- Para quem insiste que viajar tem tudo a ver com o caminho, nós dizemos: depende muito da empresa aérea com a qual você viaja.

Além de variações na cabine e na qualidade do serviço, existe a probabilidade de atrasos, um grande motivo de preocupação. Caso você viaje com a empresa aérea errada, as probabilidades de atraso chegam a 55 por cento; se viajar com a certa, o número cai para apenas 11 por cento. É suficiente para aumentar ou destruir o encanto das férias, independentemente de onde você se sentar no avião.

Mas como saber quais empresas aéreas evitar e quais priorizar?

Todos os anos, a empresa de dados sobre aviação FlightStats faz uma lista das empresas aéreas internacionais com as notas mais altas de desempenho pontual. É o toque final das iniciativas da empresa durante todo o ano para monitorar padrões de demoras e cancelamentos de empresas aéreas do mundo inteiro. Nós pedimos que a empresa compartilhe suas conclusões anuais para podermos apontar também as perdedoras.

Sem mais cerimônias, estes são os resultados completos, junto com a probabilidade de sofrer demoras em cada companhia:

As 10 piores empresas aéreas internacionais de 2016

* 10. Hainan Airlines - 30,3 por cento
* 9. Korean Air - 31,74 por cento
* 8. Air China - 32,73 por cento
* 7. Hong Kong Airlines - 33,42 por cento
* 6. China Eastern Airlines - 35,8 por cento
* 5. Asiana Airlines - 37,46 por cento
* 4. Philippine Airlines - 38,33 por cento
* 3. Air India - 38,71 por cento
* 2. Icelandair - 41,05 por cento
* 1. El Al - 56 por cento

As 10 melhores empresas aéreas internacionais de 2016

* 10. Qantas - 15,7 por cento
* 9. TAM Linhas Aéreas - 14,93 por cento
* 8. Delta Air Lines - 14,83 por cento
* 7. Singapore Airlines - 14,55 por cento
* 6. ANA - 14,46 por cento
* 5. Austrian - 14,26 por cento
* 4. Qatar Airways - 13,66 por cento
* 3. JAL - 12,2 por cento
* 2. Iberia - 11,82 por cento
* 1. KLM - 11,47 por cento

Segundo Jim Hetzel, vice-presidente de aviação e distribuição da FlightStats, compilar a lista não é simples. O único recurso comparável é o relatório mensal do Departamento de Transporte dos EUA sobre grandes operadoras domésticas, que emprega exclusivamente dados das maiores operadoras nos EUA informados por elas mesmas; o relatório não inclui voos internacionais dessas empresas aéreas.

Em uma reviravolta especialmente impressionante, a Delta conseguiu se manter entre as dez melhores companhias mesmo depois de ter sofrido uma queda do sistema que durou dias no último verão boreal e gerou manchetes no mundo inteiro. Outros resultados se opõem às reputações locais naturais de pontualidade. A operadora latino-americana Copa teria ficado com o primeiro lugar nesta lista se sua rede de rotas fosse maior; a empresa não qualificou como operadora verdadeiramente internacional porque não atende de forma substancial a três ou mais regiões com uma rede de rotas importante. E a Swiss não se destacou na lista, embora a Suíça remonte à precisão dos mecanismos dos relógios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos