Bolsas

Câmbio

Amigo de Trump, bilionário de Miami repudia muro na fronteira

Blake Schmidt e Jonathan Levin

(Bloomberg) -- Jorge Pérez, magnata do setor imobiliário de Miami, disse ter recusado um convite do presidente Donald Trump para ajudar na construção de um muro ao longo da fronteira dos EUA com o México, descrevendo o plano como algo "idiota".

Pérez, um bilionário que construiu torres com a marca Trump no sul da Flórida, disse que o presidente mandou um e-mail para ele após a posse com os planos de construção do muro e perguntou se ele estaria interessado em trabalhar no projeto. Em entrevista concedida nos escritórios de sua companhia, a Related Group, o construtor, nascido na Argentina, disse que recusou educadamente o convite e fez piada perguntando de que lado da barreira ele acabaria ficando.

Ele usou termos mais fortes na entrevista concedida na segunda-feira. O financiamento do muro com um imposto fronteiriço às importações faria com o que o custo fosse pago pelos consumidores dos EUA, e o protecionismo poderia desencadear uma guerra comercial com o México, disse Pérez.

"O muro é a coisa mais idiota que eu já vi ou ouvi na vida", disse Pérez, que foi criado na Colômbia por pais cubanos. "Um muro para quê? Você acha que o muro vai impedir a travessia de pessoas que têm fome? Bons empregos no México, crescimento econômico no México e igualdade, é isso que impedirá as pessoas de atravessarem a fronteira."

A assessoria de imprensa da Casa Branca não respondeu aos pedidos de comentário.

Pérez está desenvolvendo projetos imobiliários em cidades mexicanas como Cancún, Zihuatanejo e Cidade do México, que, segundo sua expectativa, poderão atingir um valor total de cerca de US$ 2 bilhões. Ele estuda abrir o capital da Related Group nos próximos anos porque está avaliando como passar seus negócios adiante.

Prefácio de livro

Pérez é amigo e parceiro de longa data de Trump. O presidente escreveu o prefácio do livro de 2008 do construtor da Flórida, "Powerhouse Principles". Pérez disse na entrevista que tem uma grande consideração por Trump como empresário e marqueteiro e elogiou sua bem-sucedida campanha presidencial.

Pérez afirmou que foi abordado para um possível cargo como subsecretário de habitação e desenvolvimento urbano, para trabalhar sob o comando de Ben Carson, mas que preferiu não ser considerado. Ele disse ser "totalmente contrário" a algumas partes das políticas de imigração e comércio exterior de Trump.

Embora o império imobiliário da Related Group tenha se diversificado ao longo dos anos e abarcado negócios como o de moradias acessíveis, a aposta na construção do muro teria ido muito além de seu foco. Se Trump insistir em tentar fazer com que o México pague pelo muro, isso poderá abalar as relações entre os dois países e prejudicar ambas as economias, disse Pérez.

"Nenhum país que se respeite dirá 'sim, construa o muro para não permitir o livre fluxo de pessoas entre os dois países -- e nós pagaremos por ele'", disse ele. "O político mexicano que defender isso nunca mais será eleito nem para síndico de prédio."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos