Bolsas

Câmbio

Juiz manda Oi se posicionar sobre proposta da Moelis em 5 dias

Cristiane Lucchesi

(Bloomberg) -- A Oi terá que apresentar uma posição formal sobre o plano de reestruturação proposto por detentores de títulos representados pela Moelis & Company, de acordo com um despacho da Justiça do Rio de Janeiro obtido pela Bloomberg.

A proposta, apresentada em 16 de dezembro pelo grupo que detém a maior parcela dos títulos da operadora de telefonia brasileira, sugere maneiras para a Oi lidar com cerca de US$ 19 bilhões em dívidas e encerrar a recuperação judicial. O juiz aceitou o pedido da GoldenTree Asset Management, fundo do comitê diretor do grupo de credores assessorado pela Moelis. A Oi terá cinco dias para cumprir a ordem.

Os credores, que trabalham com o bilionário egípcio Naguib Sawiris, propuseram investir cerca de R$ 37 bilhões (US$ 11,9 bilhões) em cinco anos para melhorar as operações, a eficiência e a qualidade do serviço. Os detentores também recomendaram trocar R$ 24,8 bilhões em dívida por uma participação de 95 por cento na empresa, injetando US$ 1,25 bilhão em capital novo e instalando um novo conselho. A dívida remanescente, após a troca, seria substituída por R$ 5,8 bilhões em novos títulos.

O China Development Bank Corp. e agências de crédito de exportação representadas pela FTI Consulting, com dívidas de US$ 1,6 bilhão, também se juntaram ao grupo de detentores de títulos da Moelis.

O plano de reestruturação da própria Oi, apresentado em setembro, enfrentou resistência dos credores porque não permite que eles convertam dívidas em ações imediatamente. Só a companhia pode apresentar um plano para aprovação de credores e acionistas por meio de votação, segundo a lei de recuperação judicial do Brasil.

A proposta do grupo da Moelis também é alvo de críticas. O plano favorece o próprio comitê diretor do grupo em detrimento dos demais, disse Corrado Varoli, CEO da G5 Evercore, em dezembro. A G5 Evercore está assessorando um grupo rival de detentores de títulos, com membros como a Aurelius Capital Management.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos