Bolsas

Câmbio

Como sobreviver ao voo mais longo do mundo

Eric Rosen

(Bloomberg) -- No começo deste mês, a Qatar Airways ganhou o prêmio de rota aérea mais longa quando estreou o voo de 17 horas e 30 minutos de duração entre Auckland e Doha.

Para não ficar para trás, a Qantas anunciou planos de percorrer sem escalas os 14.484 quilômetros que separam Perth e Londres em 2018, e Cingapura está de olho no relançamento do voo direto entre Newark e Cingapura, que levará pouco menos de 19 horas (sim, você leu direito).

Caso você esteja prestes a embarcar em uma dessas rotas absurdamente longas ou simplesmente esteja com pavor de sua próxima viagem para o outro lado do mundo, estamos aqui para ajudar. Da reserva ao embarque, você encontrará a seguir estratégias de passageiros frequentes que atravessam centenas de milhares de quilômetros no ar a cada ano.

Como escolher o voo certo

O tipo de aeronave importa: "O Boeing 777 é um avião ótimo", disse Brian Kelly, fundador do famoso blog de viagem The Points Guy, que percorre cerca de 40.230 quilômetros por ano, "mas a cabine do Airbus A380 é significativamente mais silenciosa, e a viagem é tão tranquila que você mal sente". As rotas com serviço frequente costumam ser realizadas por vários tipos de aeronaves, então verifique isso antes de fazer a reserva.

Olhos vermelhos nem sempre são a melhor opção: Só escolha um voo noturno se você achar que conseguirá dormir bem.

"Sempre escolho voos noturnos quando tenho um assento totalmente reclinável", disse Ben Schlappig, que administra o blog de programa de fidelidade One Mile at a Time. "Se não tiver, opto por um voo durante o dia. Para mim, é menos pior estar desconfortável se eu não estiver dolorosamente cansado também."

Como escolher o melhor assento

Tolerância a ruído branco: Os assentos mais próximos aos motores são os mais barulhentos, então sente-se longe deles se quiser silêncio.

Dê uma segunda chance à última fila: Ver o assento 84A em seu cartão de embarque não é tão ruim quanto parece. De acordo com Schlappig, a probabilidade de que o assento a seu lado esteja vazio é maior "escolhendo um assento bem no fundo da cabine, em uma fila com pelo menos três cadeiras".

Faça seu dever de casa: Consulte sites como SeatGuru e Routehappy para evitar assentos decepcionantes.

"Sou obcecado com usar os mapas de assentos para garantir que eu vou ter os interiores mais recentes, que vou experimentar os assentos mais novos e que vou me sentar o mais longe possível dos banheiros e cozinhas", explicou Mike Lundberg, consultor sênior da World Services Fuel, com sede em Miami, que viaja regularmente em voos de mais de 13 horas a trabalho.

Antes de ir para o aeroporto

Faça exercícios antes de viajar: Encaixe uma sessão de malhação antes do voo para combater os efeitos de ficar sedentário. A animação depois da atividade física ajudará você a passar pelos trâmites do aeroporto e vai diminuir o tempo de possibilitar um sono fácil durante o voo.

Assim que você embarcar

Ajuste seu relógio mental: Adiante-se ao jet lag mudando as horas em seu relógio ou celular para o fuso horário de seu destino o quanto antes.

Brasil entra na rota do A380, maior avião comercial do mundo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos