Alphabet lidera investimento em startup britânica de pagamentos

Adam Satariano

(Bloomberg) -- A unidade de capital de risco da Alphabet liderou um investimento de US$ 25 milhões na startup britânica de pagamentos Currencycloud, que permite que os usuários enviem dinheiro internacionalmente em forma eletrônica por meio de aplicativos para dispositivos móveis.

O financiamento será utilizado para expansão internacional nos EUA e em outros países, uma vez que a empresa tenta aproveitar o uso cada vez maior de celulares para transferir dinheiro, de acordo com um comunicado da empresa nesta quinta-feira.

Assim como concorrentes como a Stripe, com sede em São Francisco, EUA, a Currencycloud fornece a infraestrutura técnica que processa pagamentos internacionais para bancos e aplicativos. Criada em 2012, a Currencycloud conta entre seus clientes com a empresa de câmbio Travelex, a companhia de comércio eletrônico Klarna e o banco Standard Bank Group.

"A Currencycloud é líder na prestação de serviços de pagamento internacional desta forma, uma necessidade real à medida que as empresas se globalizam", disse Tom Hulme, sócio geral da GV, o braço de capital de risco da Alphabet conhecido anteriormente como Google Ventures, em um comunicado.

A GV financiou empresas como a Uber Technologies, a Slack Technologies, a 23andMe e muitas outras empresas de tecnologias emergentes. A injeção de dinheiro leva os investimentos totais da Currencycloud para US$ 61 milhões.

O entusiasmo pelas startups com foco em finanças caiu no ano passado. O setor conhecido como fintech recebeu US$ 12,3 bilhões globalmente de investidores de capital de risco em 2016, uma queda de 13 por cento em relação a 2015, segundo a empresa de pesquisa CB Insights.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos