Bolsas

Câmbio

Em conversas privadas, Trump agrada parlamentares dos EUA

Billy House

(Bloomberg) -- Após menos de dois meses na Casa Branca, Donald Trump mostrou que, em se tratando de conquistar congressistas, ele não é um Barack Obama.

Enquanto seu antecessor era reservado e raramente se encontrava com parlamentares, Trump está fazendo a corte, com boa parte dos esforços voltados para salvar a alternativa de seu Partido Republicano ao plano de saúde pública que substituiria o Obamacare.

Trump "estava falando sobre como nós todos temos de trabalhar juntos", disse Tom Cole, do Estado de Oklahoma, que participou de um grupo de deputados republicanos importantes que se reuniu com o presidente na residência oficial. "Ele chegou a dizer: 'Talvez devêssemos nos encontrar toda semana. Talvez devêssemos nos encontrar a cada quatro dias!'"

Seus esforços para derrubar o Obamacare e aprovar um plano substituto serão um teste que provará se as interações entusiasmadas de Trump poderão ajudá-lo a superar profundas divisões ideológicas dentro de seu próprio partido.

Não está claro se o cortejo aos parlamentares resultará em votos e ele poderá ser obrigado a trocar de marcha e ser mais rígido com os opositores republicanos. Mas seu estilo pessoal talvez seja a única forma de aprovar a nova legislação de saúde, diante da forte reação negativa de conservadores e associações que representam médicos, hospitais e idosos.

A campanha de Trump abrange diversas questões e até líderes democratas e republicanos que o criticaram durante a eleição. Na quarta-feira, ele jantou com o senador texano Ted Cruz e a esposa dele, em um clima bem diferente do que se viu quando os dois se atacavam em nível pessoal quando disputavam a candidatura pelo partido.

'Conquista'

Deputados republicanos que se reuniram com Trump na terça-feira saíram impressionados com a abertura e espontaneidade dele. Segundo Cole, antes que Elise Stefanik se apresentasse, Trump disse à deputada de 32 anos: "A mulher mais jovem eleita ao Congresso!"

"Ele é ótimo. Ele está interagindo com os parlamentares. Ele é engraçado", relatou Cole. "Eu entrei e ele disse: 'Você é ótimo na televisão. Esse cara não é ótimo na televisão? O rosto dele é perfeito para a televisão!'" E ao longo do encontro para discutir a proposta de lei de saúde, Cole afirmou que o presidente se mostrou vigoroso e a par dos fatos.

Boliche

Nesta quinta-feira, deputados irão à Casa Branca jogar boliche e Trump deve aparecer no local, disse o porta-voz do deputado republicano Mike Kelly.

Kelly foi um dos primeiros a apoiar Trump na Câmara de Deputados. Segundo o porta-voz, os encontros de parlamentares para jogar boliche na residência oficial podem se tornar mensais ou até semanais.

Já Obama era conhecido pelo distanciamento de parlamentares republicanos e democratas, sem inclinação a cultivar amizades ou relações pessoais com representantes de qualquer partido. Assistentes do ex-presidente dizem que a crítica é injusta e que ele convidou parlamentares para reuniões oficiais ou sociais em algumas ocasiões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos