Bolsas

Câmbio

Apple se aproxima de testes de rua de software de carro autônomo

Mark Gurman

(Bloomberg) -- A Apple levará em breve sua plataforma de software para carros autônomos pela primeira vez às vias públicas, um passo importante que coloca a maior empresa de tecnologia do mundo na acirrada disputa para revolucionar o transporte.

O Departamento de Veículos Motorizados da Califórnia (DMV, na sigla em inglês) concedeu autorização para testes da tecnologia de direção autônoma em vias públicas, segundo aviso publicado no website do órgão na sexta-feira. Esta é a primeira vez que a Apple recebeu aprovação para um teste do tipo.

Os testes do software começarão em breve com veículos existentes, segundo uma pessoa com conhecimento do assunto. Ela pediu anonimato porque os planos não são públicos. A Apple, que tem sede em Cupertino, Califórnia, começou a desenvolver um carro autônomo para fazer frente ao Google e à Tesla há alguns anos, mas depois recuou e no ano passado se concentrou em desenvolver primeiro a tecnologia autônoma básica, reportou a Bloomberg News.

Os testes são o sinal público mais claro de que a Apple leva a sério esse campo incipiente que poderia, com o tempo, transformar a mobilidade e subverter a indústria automotiva. Um quarto de todos os quilômetros dirigidos nos EUA poderão ser percorridos em carros elétricos autônomos compartilhados até o fim da próxima década, afirmou a Boston Consulting Group neste mês. A Apple quer uma fatia do bolo, mas tem bastante concorrência: outras 29 empresas possuem permissões para testar veículos autônomos na Califórnia.

Sujeitos às regras padrões de teste da tecnologia autônoma em vias públicas, os carros de testes da Apple terão uma pessoa atrás do volante para monitorar o processo. A autorização da Califórnia engloba três SUVs Lexus RX450h 2015 e seis motoristas, informou o DMV. Os carros de testes autônomos da Waymo, empresa do grupo Alphabet, e da Uber também têm pessoas atrás do volante durante os testes.

Um porta-voz da Apple preferiu não comentar, limitando-se a enviar um comunicado emitido em dezembro, quando a empresa apresentou à Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário dos EUA (NHTSA, na sigla em inglês) a papelada referente às práticas de segurança para carros autônomos. "Existem muitas possíveis aplicações para essas tecnologias, inclusive para o futuro do transporte, por isso queremos trabalhar com a NHTSA para ajudar a definir as melhores práticas para o setor", informou a Apple na ocasião.

O website do DMV estava atualizado na sexta-feira e reconhecia que a Apple passou a contar com a autorização. Uma cópia do website de 30 de março não listava a Apple como detentora da aprovação, o que indica que foi concedida nas últimas duas semanas. A permissão exige que as companhias revelem incidentes de trânsito relacionados aos seus testes até 10 dias úteis depois do ocorrido.

A tecnologia autônoma da Apple está sendo desenvolvida em escritórios secretos da companhia em Sunnyvale, Califórnia, a uma curta distância de carro do edifício principal da empresa em Cupertino, reportou a Bloomberg News. A companhia também tem uma equipe no Canadá que trabalha no sistema operacional para carros que basearia a plataforma, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos