PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Taylor Swift retorna ao Spotify após boicote de quase três anos

Lucas Shaw

09/06/2017 11h56

(Bloomberg) -- Taylor Swift está lançando seu catálogo completo em todos os serviços de streaming, encerrando o boicote da estrela pop ao Spotify após um desentendimento quanto à capacidade dela de limitar suas músicas aos assinantes pagantes.

Os álbuns seriam disponibilizados na noite de quinta-feira, à meia-noite pelo horário de Nova York, informou a equipe de gestão de Swift no Twitter. Nenhum dos catálogos estava disponível no Spotify, o maior serviço de streaming pago do mundo, desde novembro de 2014 devido a uma disputa relacionada ao lançamento do último álbum de Swift, "1989". Swift queria que a gravação estivesse disponível apenas para os usuários pagos, que geram mais receitas para os artistas, enquanto o CEO Daniel Ek defendia a prática de tornar toda a biblioteca da empresa disponível em uma modalidade gratuita apoiada por publicidade.

O Spotify alterou sua política em abril para permitir que os artistas restringissem os novos lançamentos aos clientes pagantes. Depois que Swift abandonou o serviço, o crescimento do Spotify aumentou rapidamente e chegou a mais de 50 milhões de assinantes pagantes em março, e a empresa agora paga bilhões de dólares para a indústria da música. Os serviços de streaming pagos atualmente são os maiores colaboradores das vendas de músicas dos EUA. Swift não lançava um novo álbum desde "1989" -- um hiato excepcionalmente longo, o que indicava que uma nova gravação poderia estar em andamento.

Em sua postagem no Twitter, a equipe de gestão de Swift caracterizou a jogada como uma forma de agradecimento da artista aos fãs depois de vender 10 milhões de cópias de "1989". O álbum, que já era oferecido por streaming pelo Apple Music, será disponibilizado também no serviço de streaming da Amazon.com.