Produtores semearão área recorde de soja, dizem analistas

Tatiana Freitas

(Bloomberg) -- Os produtores brasileiros estão se preparando para plantar a maior área de soja da história, segundo pesquisa da Bloomberg. A oleaginosa deve ocupar terras antes usadas para milho e pastagens.

A área cultivada com soja deverá aumentar 2 por cento, para 34,5 milhões de hectares, na safra 2017-18, cujo plantio começa em setembro, segundo estimativa média de 11 analistas. O plantio somou 33,9 milhões de hectares na safra anterior, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A perspectiva representa uma previsão preliminar e as projeções podem mudar nos próximos meses com os impactos no preço provocados pelo desenvolvimento da safra dos EUA e pelas oscilações do real.

A maioria dos analistas projetou que os agricultores vão preferir aumentar o plantio de soja em detrimento do milho, especialmente na região sul, depois que os preços domésticos do grão atingiram recentemente o menor patamar em dois anos. Isso representaria uma mudança em relação à temporada passada, quando os agricultores ampliaram a área de milho na safra de verão.

Os preços do cereal dispararam no ano passado depois que a seca prejudicou a produção na safra 2015-16. O aumento do plantio está levando os agricultores a colher uma safra recorde de milho e, por essa razão, os estoques ao final desta safra deverão mais do que dobrar em relação ao ano anterior.

'Melhor opção'

"Apesar de os agricultores não estarem satisfeitos com os preços da soja, ela é a melhor opção que eles têm para a próxima safra", disse Ana Luiza Lodi, analista da INTL FCStone, em entrevista por telefone, de Campinas. "A demanda chinesa vai continuar forte", afirmou a analista, que espera um aumento entre 2% e 3% na área.

Além da melhor rentabilidade em relação ao milho, o plantio da soja também deve ser beneficiado por uma queda no preço dos insumos, como fertilizantes e agroquímicos, segundo Enilson Nogueira, analista da Céleres. A consultoria estima um crescimento de área entre 1,5% e 2% na área.

"No entanto, as estimativas iniciais de rentabilidade apontam margens mais apertadas para a soja do que nas safras passadas", disse Nogueira, por e-mail.

A decisão dos agricultores de trocar o grão para a oleaginosa pode reduzir a demanda por fertilizantes em algumas regiões, porque a soja exige menos nutrientes agrícolas do que o milho, disse Daniel Lopes, gerente de inteligência de mercado da Yara Brasil, em entrevista por telefone. Mesmo assim, a expectativa é de que os produtores mantenham estável o número de aplicações por hectare nos campos de soja, enquanto os preços mais baixos da oleaginosa poderão limitar o aumento da demanda, disse ele.

Já Terry Reilly, analista sênior de commodities da Futures International, espera queda de 0,5% na área de soja, citando a comercialização atrasada da oleaginosa.

"As vendas futuras estão incrivelmente atrasadas, porque os produtores estão inseguros sobre se o comportamento do câmbio e a situação econômica em geral", disse Reilly, de Chicago, por e-mail.

Analista
Crescimento Est., Em% y / y
Husa. Área, em milhões de ha
Informa Economics FNP2.234.7
Celeres *1,7534.4
AgRural *2.534.5
Safras & Mercado *535.4
AgResource1,534.4
FCStone *2.534.4
Pinho0,934.4
MD Commodities2.034.6
Rabobank *2,2534.6
Horizonte2.534.3
Futures Intl-0,533,7

* Estimativa com base na faixa de previsão fornecida pelos analistas e suas projeções para a temporada 2016-17

Analyst
Growth Est., in % y/y
Est. Area, in million ha
Informa Economics FNP 2.234.7
Celeres*1.7534.4
AgRural*2.534.5
Safras & Mercado*535.4
AgResource 1.534.4
FCStone*2.534.4
Pine0.934.4
MD Commodities2.034.6
Rabobank*2.2534.6
Horizon2.534.3
Futures Intl-0.533.7

*Estimate based on forecast range provided by analysts and theirs projections for the 2016-17 season

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos