Mais rico do mundo faz sua maior doação em 17 anos: US$ 4,6 bilhões

Tom Metcalf

  • Chesnot/Gettty Images

    Bill Gates continua sendo o homem mais rico do mundo mesmo após a doação

    Bill Gates continua sendo o homem mais rico do mundo mesmo após a doação

(Bloomberg) -- Bill Gates fez sua maior doação desde a virada do século, abrindo mão de ações da Microsoft que representavam 5% de sua fortuna, a maior do mundo.

O bilionário doou 64 milhões de ações da fabricante de software no valor de US$ 4,6 bilhões (cerca de R$ 14,7 bilhões) em 6 de junho, segundo comunicado da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) divulgado na segunda-feira (14).

Apesar de o destinatário da doação não ter sido especificado, Gates tem entregado a maior parte de suas doações à Fundação Bill & Melinda Gates, instituição de caridade utilizada por ele e por sua esposa para administrar seus esforços filantrópicos.

Esta é a maior doação de ações da Microsoft feita por Gates desde 2000. O empresário de 61 anos doou o equivalente a US$ 16 bilhões em ações da Microsoft em 1999 e mais US$ 5,1 bilhões um ano depois, segundo cálculos da agência de notícias Bloomberg.

Porta-vozes da Microsoft e de Gates não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Histórico de doações

Bill e Melinda Gates doaram cerca de US$ 35 bilhões em ações e dinheiro desde 1994 com base no valor das ações no momento das doações, segundo revisão de duas décadas de declarações fiscais, balanços anuais e registros regulatórios da Fundação Gates.

Gates criou o "Giving Pledge" em 2010 com o investidor bilionário Warren Buffett e os dois se uniram a outros 168 investidores que prometeram entregar a maior parte de suas riquezas à caridade.

Gates provavelmente já tenha entregado mais de 700 milhões de ações da Microsoft para a fundação, segundo cálculo ajustado pelas divisões de ações. Os papéis valeriam cerca de US$ 50 bilhões atualmente se ele os tivesse mantido.

A doação de junho representa 38% de sua participação na empresa e é a mais recente de uma longa lista de entregas de ações da Microsoft que reduziram sua participação de 24% em 1996 para 1,3% na atualidade.

Gates continua sendo a pessoa mais rica da Terra após a doação, com uma fortuna que o Bloomberg Billionaires Index avalia em US$ 86,1 bilhões. A queda mais uma vez coloca Jeff Bezos, da Amazon.com, perto do primeiro lugar.

Bezos, cuja fortuna aumentou 30% desde 1º de janeiro, ultrapassou Gates por um breve momento e se tornou a pessoa mais rica do mundo com base em preços intradiários no mês passado.

(Com a colaboração de Brendan Coffey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos