Bolsas

Câmbio

VIPKid conecta alunos EUA/China e fundos para expansão: Fontes

Bloomberg News

(Bloomberg) -- A VIPKid, empresa de educação on-line que conecta entre estudantes chineses e professores norte-americanos, foi avaliada em mais de US$ 1,5 bilhão em uma rodada de financiamento que contou com investidores como a Sequoia Capital China e a Tencent Holdings, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A empresa com sede em Pequim informou nesta quarta-feira que arrecadou US$ 200 milhões para se expandir a novos mercados e ampliar suas ofertas acadêmicas, sem divulgar nenhuma avaliação. Entre seus investidores também estão a Sinovation Ventures, a Zhen Fund e a Yunfeng Capital, de Jack Ma.

A VIPKid teve um crescimento explosivo porque os pais chineses buscam uma educação de alta qualidade para os filhos, especialmente em inglês. A startup de quatro anos se expandiu para mais de 20.000 professores e 200.000 alunos, e projeta que a receita chegará a 5 bilhões de yuans (US$ 750 milhões) neste ano. Como parte da arrecadação de fundos, a VIPKid afirmou que começará a oferecer aulas de mandarim e que se voltará a estudantes nos EUA e em outros países. A fundadora Cindy Mi disse que espera chegar a 1 milhão de estudantes até 2019 através da expansão a novas matérias e localidades.

"Não estamos interessados em construir uma marca de aulas de reforço para depois da escola", disse Mi, 34, em uma entrevista. "O que realmente nos interessa é repensar como será a aprendizagem nos próximos 10, 20, 30 anos."

Hoje, a VIPKid conecta estudantes chineses de 4 a 12 anos com professores principalmente dos EUA para estudar inglês, matemática e outras matérias. As aulas são realizadas pela internet, geralmente duas ou três vezes por semana, durante 25 minutos.

"Quando ela teve essa ideia louca de dar aulas para crianças de cinco anos pela internet, ninguém achava que seria possível", disse Robert Hutter, sócio administrativo da empresa americana de capital de risco Learn Capital, que financiou Mi. "Obviamente, ela provou que todos estavam enganados."

O evento da VIPKid na quarta-feira foi realizado em um pequeno salão de festas no térreo de sua futura sede na zona leste de Pequim. Líderes de torcida de minissaia e jogadores de beisebol com uniforme cinza, uma versão chinesa do sonho americano, recepcionavam os convidados na entrada.

"Todo semestre o desempenho supera as expectativas", disse Deng Feng, diretor administrativo e fundador da Northern Light Venture Capital. "Cindy vai te ouvir, mas ela não vai te ouvir totalmente. Os melhores empreendedores nunca fazem tudo o que você diz."

Como todas as startups de rápido crescimento na China, a VIPKid enfrenta diversas concorrentes. A iTutorGroup, que opera na China com a marca VIPABC, atingiu uma avaliação de mais de US$ 1 bilhão no final de 2015, quando arrecadou recursos do Goldman Sachs Group e do fundo soberano de Cingapura, GIC. A China Online Education Group, conhecida como 51Talk, abriu o capital no ano passado e está avaliada em cerca de US$ 340 milhões. A TAL Education Group, também com sede em Pequim, oferece aulas presenciais de reforço após a escola em várias cidades da China. Sua ação mais que dobrou neste ano, quando subiu para um valor de mercado de US$ 15 bilhões.

Título em inglês: China's VIPKid Is Said to Raise Funds at $1.5 Billion Valuation

--Com a colaboração de Lulu Yilun Chen

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos