Bolsas

Câmbio

Cozumel lotará com reprogramação de rotas de cruzeiros após Irma

Andrea Navarro

(Bloomberg) -- Após a devastação provocada pelo furacão Irma em ilhas populares do Caribe como as Bahamas, São Tomás e Cuba, as empresas de cruzeiros terão que reavaliar suas rotas em um futuro próximo.

Essas empresas estão à procura de novos portos e o México provavelmente surgirá como opção. Os cruzeiros da Norwegian Cruise Lines Holdings, por exemplo, até novembro agora terão escalas apenas na parte oeste do Caribe, informou a empresa em comunicado enviado por e-mail. O navio Escape, da Norwegian, que vinha realizando cruzeiros pelo Caribe com 4.000 passageiros a bordo antes da chegada do Irma, foi desviado a Cozumel, no México, para evitar a tempestade.

"Infelizmente, é provável que alguns portos mexicanos se beneficiem com os efeitos devastadores do furacão em algumas ilhas caribenhas", disse José Arturo Musi, presidente da Associação Mexicana de Empresas de Atendimento a Cruzeiros Turísticos (Amepact), em entrevista, de seu escritório, na Baixa Califórnia do Sul, México. "É possível que Cozumel, Mahahual ou Progreso vejam mais chegadas."

O turismo é a principal atividade econômica dos estados de Quintana Roo e Yucatán, onde os portos estão localizados. Quintana Roo contribuiu com 1,7 por cento do produto interno bruto nacional em 2015 e Yucatán participou com 1,6 por cento, segundo os últimos dados disponibilizados pela agência de estatísticas INEGI.

O estabelecimento de novas rotas das empresas de cruzeiros pode levar algum tempo, diz Musi, mas Miami provavelmente continuará sendo o principal porto da região. "Poucos outros portos têm capacidade de abastecimento com combustível e alimentos e os serviços de imigração necessários. Talvez Porto Rico ou Panamá, mas não Cozumel", disse ele. "Miami tem capacidade para se recuperar rapidamente."

Para entrar em contato com o repórter: Andrea Navarro em Cidade do México, anavarro30@bloomberg.net.

Para entrar em contato com a editoria responsável: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net.

©2017 Bloomberg L.P.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos