Bolsas

Câmbio

Dubai organiza primeiro teste em público de drones-táxi

Sara Clemence

(Bloomberg) -- Isso é que é estar acima das massas.

Dubai realizou o primeiro teste em público de seu serviço de drones-táxi na segunda-feira, o que permitiu vislumbrar como poderia ser - ou será - ir ao trabalho em um carro voador.

O Volocopter, um helicóptero elétrico autopilotado, faz menos barulho e tem menos efeitos físicos e ecológicos do que um helicóptero tradicional. Com espaço para dois passageiros, o helicóptero de 2 metros de altura tem no topo um aro de 6,7 metros de largura com 18 rotores. No vídeo do teste, o drone branco se elevou, sem passageiros, uns 200 metros sobre o solo perto do Jumeirah Beach Park, voou sozinho durante uns cinco minutos e aterrissou delicadamente.

O voo foi o mais recente passo para uma grande transformação do transporte em Dubai, que pretende realizar 25 por cento dos trajetos locais de passageiros em veículos sem motorista até 2030. Dubai não é a cidade mais engarrafada do mundo - segundo o Traffic Index, publicado em fevereiro pela empresa de navegação TomTom, ela é a 85° colocada no ranking mundial de trânsito ruim -, mas suas autoridades estão decididas a criar um centro de inovação no transporte.

"Estimular a inovação e adotar as tecnologias mais novas contribui para o desenvolvimento do país e também constrói pontes para o futuro", disse o xeque Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum, príncipe herdeiro de Dubai, em comunicado.

Dubai vinha trabalhando com a fabricante chinesa de drones EHang e tinha anunciado em março que os translados de táxi aéreo começariam no terceiro trimestre; o que não aconteceu. A Autoridade de Estradas e Transportes (RTA, na sigla em inglês) do emirado não deu retorno a um pedido de comentários antes da publicação desta matéria.

O protótipo do Volocopter, de fabricação alemã, demora duas horas para carregar completamente sua bateria e pode voar durante cerca de 30 minutos a uma velocidade de cruzeiro de aproximadamente 48 quilômetros por hora. A velocidade máxima é de cerca de 96 quilômetros por hora. Por motivos de segurança, o drone tem sistemas de baterias, propulsores, motores e controles de voo redundantes - e, para o pior dos casos, paraquedas de emergência. A fabricante afirma que o primeiro Volocopter com licença deveria chegar ao mercado em 2018, mas ainda não revelou um preço.

Muita coisa tem que acontecer para que os drones-táxi se tornem comuns, até mesmo em Dubai. A RTA afirma que criará diversas estruturas regulatórias para algo que ela denomina Táxi Aéreo Autônomo (AAT, na sigla em inglês): antecipam-se padrões de segurança, rotas, pontos de decolagem e aterrissagem e mais. Se tudo der certo, os usuários poderão usar um aplicativo para solicitar embarques em voloportos próximos com conexão aos outros sistemas de transporte público de Dubai, como o metrô, o bonde e o transporte marítimo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos