PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Nintendo faz nova aposta em celulares com Animal Crossing

Yuji Nakamura

25/10/2017 14h26

(Bloomberg) -- A Nintendo fez sua maior aposta até o momento em jogos para dispositivos móveis com o plano de lançar Animal Crossing: Pocket Camp, terceiro título da empresa para smartphones.

O jogo será disponibilizado para iOS, da Apple, e Android no fim de novembro. Será a primeira versão para smartphones de uma série popular sobre animais antropomórficos. O download será gratuito, mas a empresa permitirá compras dentro do jogo para acelerar o progresso, estratégia fundamental para lucrar com títulos desse tipo.

Os analistas têm grandes expectativas para o novo jogo. O Goldman Sachs, por exemplo, estima que uma versão de Animal Crossing pode gerar o dobro das receitas combinadas da Nintendo com os dois jogos anteriores da empresa para smartphones -- Super Mario Run e Fire Emblem Heroes. No trimestre encerrado em junho, a Nintendo ganhou 9,1 bilhões de ienes (US$ 79 milhões) com a divisão de jogos para smartphone. A empresa deve apresentar o balanço do trimestre fechado em setembro na segunda-feira.

"As compras dentro do jogo muitas vezes são subestimadas, mas Animal Crossing para celular pode ser um grande sucesso", disse Serkan Toto, fundador da consultoria Kantan Games. "O jogo parece oferecer um alto valor de produção, jogabilidade otimizada para celulares e profundidade suficiente para garantir que as pessoas continuem jogando."

A série Animal Crossing foi lançada em 2001 para o Nintendo 64 e teve versões posteriores para os consoles de mão DS e 3DS, ambos também da empresa, nos quais venderam mais de 20 milhões de cópias. O título ganhou uma forte base de fãs atribuindo personalidades memoráveis a animais e criando uma comunidade com várias atividades para completar.

No novo título para dispositivos móveis, os jogadores fazem amizade com animais e realizam tarefas para eles em troca de recompensas, que podem ser usadas para construir um acampamento personalizado. Para ganhar tempo, os jogadores podem usar dinheiro real em vez de concluir tarefas.

Um vídeo da Nintendo mostra, por exemplo, que são necessárias cinco horas para construir uma bateria para um acampamento. Os jogadores podem evitar a espera gastando 30 "leaf tickets". Os tickets são vendidos a partir de US$ 0,99 o conjunto com 20.

Os jogadores também podem ganhar leaf tickets gratuitamente completando tarefas no jogo, como colher maçãs ou pescar peixes. Mas algumas tarefas podem ser executadas um número limitado de vezes por dia, o que na prática leva os jogadores a escolherem entre esperar ou gastar dinheiro real em leaf tickets.

"A monetização parece mais agressiva que o apelo casual sugerido pelo título", disse Toto. "Uma versão móvel de alta qualidade de Animal Crossing pode virar uma máquina de dinheiro a longo prazo para a Nintendo."

Os jogadores também podem comprar itens dentro do jogo com dinheiro real, como roupas para personalizar personagens ou pinturas para carros. Em abril, o Citigroup estimou que o jogo geraria 14 bilhões de ienes em vendas no ano fiscal atual, presumindo que o título atrairá 18 milhões de usuários.

O lançamento de Animal Crossing estava previsto originalmente para março de 2017. O presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, disse que a empresa lançará dois ou três jogos para smartphones por ano, deixando implícito que pelo menos mais um título pode ser lançado até março de 2018.