Bolsas

Câmbio

Bitcoin pode consolidar preço próximo dos US$ 8.000, diz Goldman

Julie Verhage

(Bloomberg) -- O bitcoin pode chegar a US$ 8.000, mas analistas do Goldman Sachs afirmam que este pode ser o último pico a ser visto por algum tempo.

Em nota enviada no domingo, os analistas técnicos Sheba Jafari e Jack Abramowitz pedem cautela aos traders que realizarem apostas em aumentos acima desse patamar. O alerta surge após a rápida ascensão do bitcoin além das marcas de US$ 5.000 e US$ 6.000 nos últimos 30 dias. Apesar de projetarem a possibilidade de uma pausa, os analistas do Goldman ainda mostram otimismo em relação a novas altas da criptomoeda.

"Pelo fato de esta ser apenas a terceira de cinco ondas de alta, o bitcoin tem potencial para subir ainda mais com o tempo", disseram, citando níveis de preços monitorados por analistas técnicos segundo a Teoria das Ondas de Elliott.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos