Bolsas

Câmbio

Cerveja volta à mesa no Brasil e deve beneficiar Ambev, diz UBS

Eduardo Thomson

(Bloomberg) -- Margens da cervejaria devem subir com os brasileiros, finalmente, voltando a beber cerveja.

Cerveja atingiu um ponto de inflexão depois que os volumes diminuíram entre 2015 e 2017, disseram os analistas da UBS, Lauren Torres e Guilherme Haguiara, em nota aos clientes nesta segunda-feira (8).

Com a recuperação da economia, os consumidores se tornando mais inclinados a experimentar marcas premium e a racionalização da concorrência entre cervejarias locais, devem significar um bom 2018 para grupos como Ambev.

UBS ouviu 1.512 brasileiros entre 18 e 54 anos para analisar as tendências de consumo de bebidas alcoólicas. Descobriu que os gastos com cerveja estão aumentando e devem continuar. A categoria na pesquisa que mostra o maior crescimento é "beber principalmente cerveja vários dias por semana", segundo o relatório.

E os brasileiros estão cada vez mais dispostos a gastar mais com cervejas premium. A pesquisa mostra que 77% dos entrevistados disse que gostariam de experimentar novas marcas, e 66% disseram que cervejas artesanais são legais e estão na moda.

Os dados convenceram UBS a reiterar sua recomendação de compra para Ambev, uma de seis. A empresa possui oito recomendações de manutenção e uma de venda. Além de controlar dois terços do mercado brasileiro, também oferece várias marcas premium e artesanais de cerveja, incluindo Bohemia, Original, Colorado e Wals.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos