ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Professor de matemática fica bilionário com aulas particulares

Reprodução/Facebook
Liu Yachao, 36 anos, tem participação de 4,7% na TAL Education Group Imagem: Reprodução/Facebook

Venus Feng

20/04/2018 14h04

(Bloomberg) -- Para Liu Yachao, trata-se de uma soma de fatores.

O diretor de operações da TAL Education Group, empresa com sede em Pequim que fornece aulas particulares das principais matérias para estudantes chineses, tornou-se o segundo bilionário da companhia, porque as ações mais do que dobraram no ano passado.

Os pais chineses estão gastando em média US$ 42.892 por ano na educação dos filhos e 93% deles paga aulas particulares, de acordo com um relatório do ano passado do HSBC Holdings. Essa demanda elevou o valor de mercado da TAL para US$ 21,1 bilhões, cerca de 46% acima do valor de sua principal concorrente, a New Oriental Education & Technology Group.

Leia também:

Liu, 36, o primeiro professor de matemática a ingressar na empresa, tornou-se diretor da divisão de ensino médio em 2005 e depois comandou a divisão de ensino e pesquisa, a escola de treinamento de professores e o centro de operações de rede antes de assumir seu cargo atual, segundo o site da TAL.

Ele possui uma participação de 4,7% avaliada em US$ 1 bilhão. O outro bilionário da TAL é o fundador Zhang Bangxin. A empresa preferiu não comentar sobre o patrimônio líquido dos bilionários.

"Os resultados da TAL são impulsionados principalmente pelo crescimento das matrículas", disse Connie Gu, analista da Bocom International que tem uma classificação de compra para as ações e um preço-alvo de US$ 40.

"Estamos otimistas em relação ao mercado de educação primária e secundária da China, considerando o sistema de seleção de elite e a disposição do povo chinês para subir na escala social", afirmou a analista.

Será que a China é mesmo um país comunista?

UOL Notícias

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia