PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Empresas chinesas aceleram captação para tecnologia automotiva

Bloomberg News

23/04/2018 12h13

(Bloomberg) -- Duas empresas chinesas estão acelerando os esforços de arrecadação de recursos para expandir sua presença no campo de direção autônoma e em outras tecnologias automotivas avançadas como parte do esforço do país para ampliar sua influência em meio à transformação da indústria automotiva.

A NIO Capital, empresa de investimentos afiliada à startup de veículos elétricos NIO, está perto de concluir a primeira rodada de seu fundo offshore de US$ 500 milhões que injetará recursos em novas tecnologias automotivas, segundo pessoas com conhecimento direto do assunto. A Horizon Robotics, uma startup que busca dominar um mercado de 30 milhões de veículos autônomos na China até 2025 com seus chips, afirmou que fechará uma nova rodada de financiamento para ampliar sua capacidade de pesquisa.

A China prometeu construir um setor líder mundial em fabricação com o plano Made in China 2025 em um momento em que a segunda maior economia do mundo está subindo na cadeia de valor. Os investidores chineses vêm injetando bilhões de dólares para desenvolver ou adquirir tecnologias estrangeiras no setor automotivo em um momento em que os conceitos de veículos elétricos, autônomos e compartilháveis estão revolucionando o setor.

O que estimula a iniciativa é o esforço dos EUA para dificultar o acesso de concorrentes chineses a seu mercado tecnológico, disse Zhang Junyi, cofundador da NIO Capital, em entrevista à Bloomberg TV. Esses obstáculos são um bom incentivo para as empresas chinesas investirem em tecnologias fundamentais e pesquisa básica, disse.

"A curto prazo, isso vai gerar um impacto na economia", disse Zhang. "Mas a longo prazo nos ajudará a construir um 2025 mais sólido."

Expansão da pesquisa

Yu Kai, fundador e CEO da fabricante de chips Horizon Robotics, fez coro aos comentários de Zhang em entrevista à Bloomberg TV.

"A decisão do governo Trump provavelmente obrigará o governo chinês a gastar mais dinheiro com empresas voltadas a tecnologias fundamentais", disse Yu.

A Horizon Robotics está levantando várias centenas de milhões de dólares e deverá concluir a rodada em maio, e uma empresa global de semicondutores que não é a Intel e algumas fabricantes de veículos chinesas e estrangeiras se tornarão suas novas investidoras estratégicas, disse Yu. A empresa com sede em Pequim planeja investir o dinheiro na expansão de suas equipes de pesquisa e desenvolvimento contratando mais engenheiros de software e impulsionando seu design de arquitetura de hardware, disse.

"Com certeza seremos a empresa número um na China", disse Yu, confiante de que a fabricante de chips entende o que suas clientes que fabricam carros desejam. "Conhecemos com exatidão as dificuldades e as necessidades delas."

A Horizon Robotics, a NIO e outras empresas divulgarão seus produtos mais recentes na Beijing International Automotive Exhibition, que começa nesta semana.

A NIO Capital está discutindo com fundos soberanos de investimento, empresas de energia e seguradoras da Ásia e da Europa em busca de possíveis investidores para seu primeiro fundo em dólares, disseram as pessoas familiarizadas com o assunto, que pediram anonimato porque as discussões são privadas. A primeira fase do financiamento será concluída em um ou dois meses, disseram.