ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Carros elétricos devem apertar mercado global de níquel

Masumi Suga e Ichiro Suzuki

14/06/2018 14h43

(Bloomberg) -- O mercado global de níquel ficará mais apertado neste ano devido ao aumento da demanda por baterias em veículos elétricos e ao uso maior de aço inoxidável, informou a maior fundição do Japão, que se soma ao argumento otimista do metal de melhor desempenho deste ano.

A demanda superará a produção em 88.000 toneladas, mais do que as 83.000 toneladas esperadas em março e que o déficit de 72.000 toneladas do ano passado, disse Masanori Ohyama, gerente-geral de vendas de níquel da Sumitomo Metal Mining, em entrevista, em Tóquio, nesta quinta-feira. O consumo subirá 7,3 por cento em relação ao ano passado, para 2,3 milhões de toneladas, enquanto a produção aumentará 6,8 por cento.

Embora haja um consenso de que o uso em baterias para veículos elétricos ampliará a demanda por níquel, há um debate a respeito do momento desse boom. O Goldman Sachs Group prevê uma mudança poderosa em direção aos veículos elétricos, aumentando as perspectivas de ganhos de preço, enquanto a Shanghai Metals Market afirma que o otimismo é equivocado. Ohyama, da Sumitomo Metal, projeta que a demanda aumentará mais de 30 por cento em 2018.

Ohyama disse que os aumentos da produção de nickel pig iron (ferro-gusa de níquel), uma alternativa ao metal refinado usado na produção de aço inoxidável, na China e na Indonésia elevariam a produção global neste ano. O níquel subiu mais de 20 por cento em 2018 e apresenta o melhor desempenho entre seis contratos na Bolsa de Metais de Londres.

Repórteres da matéria original: Masumi Suga em Tóquio, msuga@bloomberg.net;Ichiro Suzuki em Tóquio, isuzuki@bloomberg.net

Mais Economia