PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Índia parece embalada e pode resistir à pressão sobre emergentes

Anirban Nag

30/07/2018 14h05

(Bloomberg) -- A grande economia de mais rápido crescimento no mundo mostra sinais de que está recuperando a vitalidade, o que sugere que a perspectiva de médio prazo da Índia pode resistir às tensões do comércio global e às pressões dos mercados emergentes.

Uma amostra de indicadores futuros compilados pela Bloomberg News apresenta sinais bastante positivos. O sentimento dos setores de manufatura e serviços -- que representam quase 80 por cento da economia de US$ 2,6 trilhões -- se recuperou em junho, e aumentou o ritmo de encomendas novas. A concessão de empréstimos bancários está crescendo, enquanto as vendas de automóveis -- um termômetro da demanda geral -- se expandem a um ritmo de dois dígitos.

O Banco da Reserva da Índia (RBI, na sigla em inglês) está otimista em relação ao crescimento e à redução do hiato do produto. O comitê de política monetária do banco, com seis integrantes, projeta que a recuperação elevará a inflação nos próximos meses -- o suficiente para convencer analistas e mercados de que deve ocorrer um aumento consecutivo do juro nesta quarta-feira. Qualquer ajuste da política monetária ocorreria em meio à preocupação de que o governo possa afrouxar o controle dos gastos e descumprir as metas orçamentárias antes da eleição federal programada para o início de 2019.

Por que a maioria dos investidores e economistas acredita que o RBI elevará o juro:

- A inflação está bem acima da meta de médio prazo do banco central, de 4 por cento;

- A perspectiva deve piorar se os preços do petróleo continuarem altos e com a desvalorização cambial;

- O mercado estará atento a qualquer mudança de postura do comitê de política monetária.

A seguir, o panorama do país em detalhe:

Atividade comercial

A atividade do dominante setor de serviços da Índia se recuperou em junho da leve contração do mês anterior com a expansão mais rápida em um ano. Isso elevou o Nikkei India Composite Index ao nível mais alto desde outubro de 2016, e a atividade industrial também mostra sinais de crescimento mais rápido.

Crescimento das exportações

O setor de exportação continua se recuperando do duplo revés da proibição ao dinheiro vivo, no fim de 2016, e da caótica implementação de um imposto sobre o consumo, no ano passado. O ritmo tem sido inferior à recuperação econômica global, e agora, com a perspectiva crescente de guerra comercial, o panorama não é muito bom. O único motivo para otimismo é que a rúpia mais fraca provavelmente tornará as exportações de software mais competitivas.

Atividade do consumidor

Dados da Sociedade de Fabricantes de Automóveis da Índia mostram que o setor produziu quase 17 por cento mais veículos no período de abril a junho do que no mesmo trimestre do ano passado. As vendas de veículos de passageiros cresceram quase 20 por cento no período e representam um indicador útil em um país que não tem informações sobre vendas no varejo para monitorar os gastos do consumidor.

Atividade econômica

Após uma queda em março, os investimentos estrangeiros diretos aumentaram em abril e maio. Apesar de a notícia ser positiva para o clima de investimento como um todo, dado o risco da eleição do ano que vem e a ameaça de paralisia política antes disso, as entradas podem cair nos próximos meses.

--Com a colaboração de Shaina Patel.