PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Google planeja novo edifício de escritórios no quintal da Amazon

Noah Buhayar

15/08/2018 12h33

(Bloomberg) -- O Google está dando mais um grande passo dentro do território da Amazon, o polo tecnológico de rápido crescimento de Seattle, nos EUA.

A gigante de buscas on-line será inquilina em um novo edifício de 12 andares ao norte da região central que a Vulcan, de Paul Allen, planeja começar no ano que vem no bairro South Lake Union, segundo comunicado divulgado na terça-feira pela incorporadora. A Vulcan já tem um projeto de quatro edifícios em andamento para o Google, uma divisão da Alphabet, perto dali. Além disso, o Google mantém escritórios no bairro de Fremont e em Kirkland, nos arredores da cidade.

A Vulcan ajudou a transformar o bairro industrial de South Lake Union em um próspero polo tecnológico nas últimas duas décadas, construindo muitos dos escritórios que agora formam o campus corporativo urbano da Amazon. Nos últimos tempos, a incorporadora vem tentando seduzir outras empresas de tecnologia que queiram se instalar na área para estar mais perto de grandes talentos da engenharia. Allen, que fundou a Microsoft com Bill Gates, tem um projeto em andamento no bairro para o Facebook. Os aluguéis de escritórios na região atualmente estão mais altos do que no distrito comercial central da cidade, segundo dados da corretora Jones Lang LaSalle.

As incorporações em South Lake Union atraíram milhares de novos trabalhadores com bons salários a Seattle e ampliaram a base tributária local, mas também provocaram reações dos moradores da cidade, que viram os aluguéis dos apartamentos dispararem e pontos de encontro locais deixarem os negócios. O plano de demolição de uma emblemática casa de shows para dar lugar a uma torre de 44 andares no centro da cidade originou recentemente uma campanha para impedir o projeto.

A Vulcan informou que os edifícios atualmente existentes no novo endereço do Google serão demolidos, o que obrigará antigos inquilinos como a Guitar Center a se mudar. A empresa informou que contribuiria com cerca de US$ 2,8 milhões em taxas de zoneamento para moradias e creches acessíveis.

A Vulcan não informou quantos metros quadrados de espaço de escritório o Google ocuparia. Mas o website GeekWire, que noticiou o empreendimento na terça-feira, afirma que autorizações anteriores apresentadas para a área previam uma estrutura de 30.000 metros quadrados. O novo projeto deve ser concluído em julho de 2021 e incluirá espaço para restaurantes e lojas.