ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Empresa de eletrodomésticos apoiada pela Xiaomi capta US$ 103 mi

Michael Hytha

25/09/2018 11h16

(Bloomberg) -- A Viomi Technology, fornecedora de eletrodomésticos conectados à internet para a gigante chinesa dos smartphones Xiaomi, levantou US$ 103 milhões em sua oferta pública inicial nos EUA.

A empresa criada há quatro anos vendeu 11,4 milhões de ações depositárias americanas (ADS, na sigla em inglês) por US$ 9 cada, extremo inferior da faixa prevista de US$ 9 a US$ 11, informou a Viomi, em comunicado, nesta terça-feira.

A Xiaomi, que levantou US$ 5,4 bilhões se considerado o lote suplementar para subscritores de seu IPO de junho em Hong Kong, é parceira estratégica, acionista e a "cliente mais importante" da Viomi, segundo comunicado ao mercado. A Viomi conta também com a Sequoia Capital como investidora. A empresa concluiu uma rodada de financiamento série A em 2015 com investidores como a Xiaomi.

As máquinas de lavar louça e os purificadores de ar e de água da Viomi podem ser controlados por meio do aplicativo móvel da empresa. Sua geladeira inteligente tem uma função de reconhecimento de voz que entende comandos para redefinir a temperatura, atender telefonemas e tocar música, além de pedidos de recomendação de receitas.

Em 2017, a Viomi registrou lucro líquido de US$ 14 milhões sobre uma receita líquida de cerca de US$ 132 milhões, informou a empresa. A fabricante planeja usar os recursos para iniciativas de pesquisa e desenvolvimento, para vendas e marketing, para possíveis aquisições e investimentos estratégicos e para fins corporativos gerais.

A oferta foi liderada pelo Morgan Stanley e pela China International Capital, segundo o comunicado. As ações da Viomi deverão ser negociadas na Nasdaq com o símbolo VIOT.

As empresas asiáticas, lideradas por firmas da China, levantaram cerca de US$ 87 bilhões com IPOs nos últimos 12 meses, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Mais Economia