PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Netflix dispara com crescimento vertiginoso de assinantes

Lucas Shaw

17/10/2018 12h17

(Bloomberg) -- A velocidade do crescimento da Netflix está surpreendendo até mesmo os mais otimistas de seus fãs em Wall Street, o que aplacou os receios com suas perspectivas globais e elevou ainda mais suas ações já estratosféricas.

Depois de um tropeção com seus resultados anteriores, a maior rede de TV on-line paga do mundo adicionou muito mais assinantes do que os analistas esperavam no terceiro trimestre. A Netflix também divulgou uma perspectiva otimista para o período atual de três meses, afirmando que planeja adicionar 28,9 milhões de clientes ao todo neste ano, um recorde para a empresa de 21 anos.

Os resultados devem prolongar o reinado da Netflix como uma das ações de melhor desempenho em Wall Street, dando à empresa margem para gastar mais bilhões de dólares em programação original. A Netflix transformou o crescimento do número de assinantes em enormes ganhos para os investidores. Mesmo antes do avanço nas negociações após o pregão de terça-feira e antes da abertura do mercado nesta quarta-feira, as ações registravam alta de 80 por cento neste ano.

"Haverá tanto crescimento no entretenimento de vídeo por streaming que vamos nos concentrar nisso por um bom tempo", disse o CEO da empresa, Reed Hastings, durante uma entrevista com analistas gravada previamente.

A Netflix conquistou 6,96 milhões de clientes no terceiro trimestre, elevando seu total global para 137,1 milhões. Isso deu um impulso de 17 por cento às ações nas negociações estendidas.

As ações da Netflix costumam flutuar bastante depois da divulgação dos resultados, e este trimestre não foi uma exceção. As ações subiram depois do pregão para US$ 405, colocando o valor de mercado da empresa no mesmo território que a Comcast, a maior operadora de cabo dos EUA, e que a Walt Disney, a maior empresa de entretenimento do mundo. Os títulos denominados em euro do serviço de streaming com vencimento em maio de 2027 atingiram o patamar mais elevado em três meses nesta quarta-feira, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Fórmula do sucesso

A Netflix não esconde a fórmula de seu sucesso. A companhia investe bilhões em programação original e usa esses novos filmes e programas de TV para atrair assinantes. A empresa de streaming com sede em Los Gatos, na Califórnia, lançou um recorde de 676 horas de programação original no terceiro trimestre, segundo a Cowen & Co. Esta foi a primeira vez que a companhia ultrapassou 500 horas em um trimestre.

Os territórios internacionais continuam sendo fundamentais para o futuro da empresa e foram responsáveis por 84 por cento dos novos clientes da Netflix no terceiro trimestre. A Netflix não destrincha seus usuários por mercado, com exceção dos EUA, embora a maioria dos analistas concorde que Reino Unido, Brasil, Canadá e México estão entre os maiores mercados da companhia.

Nos EUA, onde a Netflix já pode se gabar de estar presente em quase metade dos lares, a empresa espera adicionar 1,8 milhão de novos clientes neste trimestre, elevando o total nacional para 60,3 milhões.

"Foi um trimestre surpreendentemente bom que pegou de surpresa boa parte da comunidade financeira", disse Jim Nail, analista sênior da Forrester Research. "Até mesmo o número dos EUA foi melhor do que eu imaginava. Esse número foi realmente muito bom para um mercado tão maduro."