PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Uber avaliada em US$ 120 bilhões em IPO? Talvez

Alex Barinka e Eric Newcomer

17/10/2018 11h52

(Bloomberg) -- A Uber Technologies foi informada por bancos de que pode ser uma empresa de US$ 120 bilhões quando abrir capital. No entanto, os investidores é que decidirão.

Essa avaliação chamativa foi calculada para a empresa por Morgan Stanley e Goldman Sachs, disseram pessoas a par do assunto que pediram para não serem identificadas porque as discussões foram privadas. Exposições de firmas que concorrem entre si para convencer uma empresa de que são as melhores para liderar o negócio são comuns no processo de IPO.

Mas se os grandes IPOs do setor de tecnologia de consumo dos últimos anos forem usados como parâmetro, esse número de 12 dígitos deve ser encarado com cautela. Tanto o aplicativo de envio de fotos Snap quanto a fabricante de smartphones chinesa Xiaomi esperavam grandes avaliações, mas viram os números caírem pela metade no momento de vender realmente ações aos investidores.

A capitalização de mercado da Snap era prevista em US$ 40 bilhões cinco meses antes de sua abertura de capital, no ano passado, disse uma pessoa a par do assunto na época. O IPO de março de 2017 acabou avaliando a empresa em cerca de US$ 20 bilhões, valor que desde então caiu para US$ 9,3 bilhões.

A Xiaomi vale apenas US$ 35,4 bilhões depois de abrir o capital em julho, em Hong Kong, com uma avaliação de US$ 54 bilhões, que representava apenas metade da meta de US$ 100 bilhões de alguns meses antes.

Para os investidores, a avaliação da Uber se resumirá, em grande parte, a suas finanças. Em uma oferta de títulos que agora está sendo finalizada, a empresa informou que espera gerar US$ 10 bilhões a US$ 11 bilhões em receita líquida neste ano e que não registraria lucro por pelo menos mais três anos.

A US$ 120 bilhões, a Uber valeria mais do que o dobro da média das empresas do Nasdaq 100 Index, segundo a relação preço/receitas de 2018. Isso garante à empresa de carona compartilhada um múltiplo de cerca de 12 vezes contra uma média de 4,8 vezes do índice.

Embora a medida seja imperfeita --a avaliação será baseada nas finanças dos anos futuros, que devem continuar crescendo--, dá uma ideia da avaliação elevada das projeções.

A Uber e sua concorrente menor, a Lyft, pretendem abrir capital no ano que vem, disseram pessoas a par dos planos de ambas. Os subscritores da Lyft propuseram uma faixa de avaliação de US$ 18 bilhões a US$ 30 bilhões com uma meta de US$ 25 bilhões, disse uma das pessoas.

A Lyft gerou US$ 563 milhões em receita no terceiro trimestre, contra US$ 300 milhões no mesmo período do ano anterior, disse uma das pessoas. Suas estimativas de receita para o ano cheio não foram reveladas.

O que está claro é que a Uber e a concorrente próxima de um IPO Lyft farão uma comparação de seus valores com os da GrubHub. A empresa de entrega de alimentos avaliada em US$ 11 bilhões é negociada a 11,2 vezes as estimativas de receita de 2018, com uma grande diferença: é rentável desde 2011, pelo menos.

Cotações