PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Millennials dominam mercado de ações da Indonésia

Harry Suhartono

23/11/2018 14h50

(Bloomberg) -- Quem disse que os millennials só se preocupam com comida e viagens?

Pelo segundo ano consecutivo, as pessoas de 21 a 30 anos formam o maior grupo de investidores em ações da Indonésia, segundo dados da bolsa de valores do país. Uma campanha realizada no ano passado com concursos e shows de música pop no pregão da bolsa ajudou a ampliar o número de pequenos investidores em 40 por cento, para mais de 1,5 milhão de participantes desde novembro de 2017, segundo o Central Securities Depository, um braço da Bolsa de Valores da Indonésia.

As pessoas que estão na faixa dos 20 anos representaram mais de 34 por cento dos pequenos investidores em outubro, contra de 26 por cento em novembro do ano passado. O segundo maior grupo foi o de pessoas com 31 a 40 anos, que representa um quarto dos pequenos investidores, enquanto as pessoas que estão na faixa dos 40 anos responderam por 23 por cento do total.

Ainda assim, a participação de investidores individuais na Indonésia é uma das menores entre os países asiáticos -- eles representaram 41 por cento do volume total de negócios na bolsa local no ano passado, contra mais de 80 por cento em Taiwan e 59 por cento na Tailândia. Cerca de 1 por cento dos 260 milhões de habitantes da Indonésia tem cadastro para investir em ações.

E embora as estatísticas mais recentes sejam uma notícia positiva para as ações da Indonésia, os investidores estrangeiros deverão registrar uma saída líquida recorde, chegando a quase US$ 3,3 bilhões neste ano, após US$ 2,96 bilhões em retiradas em 2017. O Jakarta Composite Index caiu 6,1 por cento desde dezembro e está a caminho do primeiro declínio anual em três anos.

PUBLICIDADE