PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Investidores procuram igualdade de gênero no lugar errado

Emily Chasan

28/12/2018 15h17

(Bloomberg) -- A igualdade de gênero pode ser um sinal importante para os investidores, mas talvez eles estejam procurando no lugar errado. Um estudo da Calvert Impact Capital revelou que a diversidade em cargos altos teve um impacto maior do que o número de diretoras ou o gênero do fundador.

"Vimos uma relação particularmente forte na liderança feminina", disse Leigh Moran, diretora de estratégia da Calvert. "Acreditamos que se comete um erro comum em limitar a incorporação de gênero somente em investir em empresas lideradas por mulheres."

Em um estudo sobre sua carteira global de empréstimos, de US$ 23 bilhões, a Calvert determinou que as empresas com maior número de mulheres em cargos altos -- pessoas que se reportam diretamente ao CEO -- proporcionaram o dobro do retorno anual médio de capital nos últimos 11 anos do que as empresas com um número menor de mulheres nesses cargos.

A Calvert detectou um melhor desempenho quando as mulheres ocupavam entre 33 por cento e 75 por cento dos cargos altos, disse ela. As empresas com o menor número de mulheres na administração superior -- 20 por cento ou menos -- retornaram em média 4,4 por cento por ano. Aquelas com mais -- mais de 57 por cento de mulheres -- retornaram 8,6 por cento.

O número de mulheres em cargos de diretoria pareceu importar menos. As empresas com o menor número de mulheres em assentos no conselho registraram retornos anuais médios de 1,7 ponto percentual a menos do que aquelas com mais.

Exemplo

Como exemplo, Moran citou a SunFunder, uma empresa de financiamento de energia solar com sede no Quênia que integra a carteira. Com um homem como fundador e CEO, a empresa não se destaca à primeira vista no quesito gênero. Mas uma análise mais atenta revela que 50 por cento da equipe de administração e 48 por cento do pessoal são do sexo feminino, assim como 40 por cento da diretoria.

Segundo Moran, a Calvert trabalhou com a empresa "para conscientizar sobre a importância do gênero nos negócios desde o começo, para que isso crescesse com eles e com o setor que eles estão ajudando a moldar".

A SunFunder também reconhece o impacto que os sistemas solares domésticos podem ter sobre as mulheres em particular, disse Alana Heath, sócia de fundos de dívida do SunFunder em Londres. "Não temos um foco explícito de gênero e, no entanto, isso é fundamental para os nossos negócios."