IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Varejistas da China reduzem preços do iPhone após baixa demanda

Bloomberg News

2019-01-11T12:01:49

11/01/2019 12h01

(Bloomberg) -- Duas grandes empresas de varejo da China reduziram os preços dos últimos iPhones da Apple, uma decisão incomum que salienta a queda da demanda pelo emblemático aparelho no maior mercado de smartphones do mundo.

A importante rede Suning Commerce Group anunciou um iPhone XR de 128GB por 5.799 yuans (US$ 860) nesta sexta-feira, 17 por cento mais barato do que no site da própria Apple. A JD.com, a maior empresa de varejo on-line de eletrônicos da China, estava oferecendo o mesmo modelo por 6.099 yuans, 900 yuans abaixo do preço oficial.

A Apple aconselha as empresas de varejo a não oferecerem descontos no iPhone e essas reduções de preço são raras logo após o lançamento, considerando que os preços mais baixos chegam apenas quatro meses depois de os modelos serem revelados. As reduções de preço surgem cerca de uma semana depois de a Apple ter reduzido sua perspectiva de receita pela primeira vez em quase duas décadas, citando uma demanda mais fraca na China. A informação, por sua vez, alimentou preocupações não apenas em relação à saúde do mercado de eletrônicos de consumo, mas também a respeito da desaceleração mais rápida do que a esperada da segunda maior economia do mundo.

"Um corte de preço tão grande neste momento, quando não há nenhum festival de compras em andamento, parece incomum", disse Jia Mo, analista da Canalys. Os descontos provavelmente vieram de distribuidores de produtos da Apple que, segundo estimativa da Canalys, vendem um quarto de todos os iPhones na China. "É possível que os distribuidores queiram promover suas ações relacionadas ao iPhone durante a temporada de compras do ano-novo chinês."

Uma porta-voz da Apple não respondeu aos pedidos de comentário.

Os iPhones da Apple não entusiasmaram os consumidores chineses devido aos preços elevados e à concorrência acirrada de empresas como a Huawei Technologies. O iPhone XR em particular, o mais barato da linha mais recente da Apple, não teria feito sucesso com os consumidores.

"Reduzir o preço dos aparelhos tão cedo pode afetar a imagem de marca premium da Apple", disse Jia. "Além disso, prejudicaria os principais usuários, que acabaram de comprar esses aparelhos pelos preços originais."

To contact Bloomberg News staff for this story: Gao Yuan em Pequim, ygao199@bloomberg.net;Shelly Banjo em NY, sbanjo@bloomberg.net

Mais Economia