Mais informação com menos tempo de leitura
IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Airbnb vai comprar HotelTonight, maior aquisição de sua história

Olivia Carville

08/03/2019 14h32

(Bloomberg) -- O Airbnb decidiu comprar a HotelTonight, sua maior aquisição até agora, na tentativa de aumentar as listagens de hotéis no site antes de uma possível abertura de capital da startup de compartilhamento de imóveis.

O Airbnb preferiu não divulgar os termos financeiros do acordo, mas uma pessoa familiarizada com o assunto disse que o preço está próximo da última avaliação privada da HotelTonight. Um acordo de capital de risco há dois anos avaliou a HotelTonight em US$ 463 milhões, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado PitchBook Data. No começo de 2017, o Airbnb adquiriu a Luxury Retreats por cerca de US$ 300 milhões, sua maior compra na época.

A HotelTonight, com sede em São Francisco, oferece reservas de última hora em hotéis, buscando explorar o estoque não utilizado principalmente em zonas urbanas, e o aplicativo tem sido um queridinho do setor de viagens desde que foi lançado em 2010.

A aquisição amplia ainda mais o alcance do Airbnb na indústria hoteleira, onde tem sido uma força disruptiva desde seu lançamento, há pouco mais de uma década. O Airbnb revolucionou o setor de viagens ao convencer milhões de pessoas a abrir as portas de suas casas para estranhos. A companhia tornou-se uma força tão potente no mercado que as grandes empresas de viagens e hotelaria, como a Booking Holdings, têm gastado intensamente para oferecer mais listagens de casas em seus próprios sites.

Em novembro de 2016, o cofundador e CEO Brian Chesky anunciou que o Airbnb seria uma plataforma de viagens completa, com ofertas de voos, experiências e muito mais. O objetivo é que o Airbnb se torne o equivalente da Amazon para o setor de viagens - um ponto único para quem sai de férias.

No ano passado, o Airbnb começou a dar mais destaque aos hotéis em seu site e lançou um programa de fidelidade, dando mais um passo no território de seus rivais. O número de quartos disponíveis em propriedades categorizadas como hotéis boutique, alojamentos com café da manhã e outros locais de hospitalidade, como albergues e resorts, mais do que dobrou, de acordo com a empresa. O Airbnb tem mais de 6 milhões de listagens, pouco mais que a Booking, com mais de 5,7 milhões de listagens de aluguel de imóveis.

A HotelTonight tendeu para hotéis boutique que oferecem experiências peculiares para os hóspedes, como jogos de tabuleiro ou kits de luta de travesseiros no saguão. "Os hotéis estão atendendo à noção de proporcionar experiências e momentos dignos de postar no Instagram para a geração do milênio, e nós ajudamos as pessoas a obter um ótimo preço", disse Sam Shank, fundador e CEO, em entrevista à Bloomberg TV em outubro passado.

A venda é uma mudança de estratégia para Shank, que falava em abrir o capital da HotelTonight há mais de dois anos. Em outubro, Shank disse que uma abertura de capital poderia estar nos planos em breve. "Com certeza estamos pensando nisso", disse ele na entrevista à Bloomberg TV. Shank também disse que considerava Expedia Group e Booking como seus rivais, mas comentou que o Airbnb era "incrivelmente complementar ao que fazemos".

--Com a colaboração de Olivia Zaleski.

Mais Economia