PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Para ganhar dinheiro, São Francisco é melhor do que Zurique

Enda Curran

20/05/2019 12h53

(Bloomberg) -- Quer um aumento de salário e melhorar seu estilo de vida? Mude para São Francisco.

A cidade da costa oeste dos Estados Unidos subiu no ranking e desbancou Zurique como a cidade com maiores salários e renda disponível descontada a despesa com aluguel, segundo o relatório "Mapeando Preços do Mundo 2019" do Deutsche Bank.

Nos últimos cinco anos, São Francisco subiu 7 e 21 posições em ambas as leituras, respectivamente.

"O rápido crescimento do setor de tecnologia dos Estados Unidos está ajudando 'San Fran' a superar cidades tradicionais em termos de renda", escreveram Jim Reid, Craig Nicol e Henry Allen em relatório. "Embora o custo de vida da cidade esteja aumentando a cada ano e subindo no ranking de custos na maioria das medições que cobrimos, ainda fica aquém de grandes capitais globais. No entanto, o aluguel de um apartamento de dois quartos só perde para Hong Kong. "

Grande parte da mudança se deve à valorização do dólar nos últimos cinco anos, o que ajudou a elevar a posição de cidades dos EUA em relação a outras metrópoles globais. O dólar se valorizou 20% contra o euro e 23% em relação à libra esterlina no período.

Mas Zurique não perdeu completamente seu território. A cidade suíça lidera a pesquisa em qualidade de vida e é a número um, ou quase, em custos de bens e serviços.

Também continua sendo a cidade mais cara para um encontro romântico.

"Zurique é, novamente, o lugar para encontrar um parceiro de longo prazo quando jovem e convencê-lo a ficar em casa à noite, jantar e ver TV e economizar o alto salário ou arriscar vê-lo ser corroído", segundo o relatório.

Para a pesquisa, o Deutsche Bank converte os preços de produtos e serviços em todo o mundo em dólares, e usa principalmente "crowd-sourcing" para dados de entrada. Também analisa os salários médios, o que significa que as megacidades ocuparão as posições mais altas no ranking porque têm mais pessoas com maior renda.

Quando se trata de cigarros e cerveja, o índice de "maus hábitos" monitorado pelo Deutsche Bank mostra que Melbourne superou Oslo como a cidade mais cara, seguida por Sydney, Auckland e Dubai.

Para quem tem um encontro romântico em Zurique, vale a pena ficar com as cervejas.

De acordo com o relatório, o item é um dos poucos em que a cidade suíça é "relativamente" barata, ocupando a posição 19 no ranking de 54 em termos de custo.