PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Spotify lança app para celulares mais lentos de emergentes

Lulu Yilun Chen e Lucas Shaw

10/07/2019 06h34

(Bloomberg) -- O Spotify lançou uma nova versão de seu aplicativo de streaming de música para clientes em mercados emergentes, uma iniciativa para crescer fora de seus principais mercados nos Estados Unidos e Europa.

O aplicativo Spotify Lite, desenvolvido para o sistema operacional Android, tem como alvo usuários com planos de dados limitados e redes mais lentas, especialmente em regiões como Ásia, Oriente Médio, África e América Latina, informou a empresa em comunicado. O aplicativo foi lançado em 36 mercados com um serviço disponível gratuitamente, mas com publicidade. A versão premium custará o mesmo que em sua plataforma padrão de streaming de música.

A empresa espera que o Spotify Lite facilite uma expansão muito necessária em mercados com grande potencial. Com o serviço de streaming, a empresa também tenta tranquilizar investidores sobre suas perspectivas de crescimento, já que continua a perder dinheiro.

O maior desafio do Spotify continuam sendo os royalties pagos pelos direitos autorais dos artistas, que consomem mais de 60% da receita e são um fator de peso para as perdas. A empresa concordou em não pressionar por outra redução no custo das licenças em sua atual negociação com a indústria da música.

Com o peso dos custos, o Spotify começou a buscar outros caminhos para crescer, como o podcasting que, no entanto, ainda é um negócio incipiente, com US$ 479,1 milhões em receita nos EUA em 2018, segundo o Interactive Advertising Bureau. Estima-se que 62 milhões de pessoas nos EUA com mais de 12 anos ouvem um podcast semanalmente, segundo relatório de 2019 da Edison Research and Triton Digital.

O Spotify reforçou aos investidores que o mercado de streaming de áudio ainda está em seus estágios iniciais. Cerca de 65% dos usuários da empresa estão na América do Norte e na Europa. África, Ásia e Oriente Médio representam apenas 13%.

YouTube Light

O rival Youtube já lançou uma versão light de seu aplicativo para mercados emergentes e atraiu milhões de usuários em todo o Sudeste Asiático. Já a Netflix permite que usuários baixem filmes completos e programas de TV para assisti-los sem conexão à Internet pela mesma razão.

O Spotify não tem o mesmo alcance como esses outros serviços em outros países, mas está se expandindo pela Ásia, Oriente Médio e África do Norte.

O Spotify Lite precisa de 10 megabytes de armazenamento em comparação com cerca de 100 megabytes para o aplicativo principal. Oferece a mesma aparência do aplicativo Spotify padrão, mas com limitações para preservar o consumo de dados. Os usuários também podem estabelecer um limite de dados dentro do aplicativo para garantir que nunca ultrapassem o estipulado.

Repórteres da matéria original: Lulu Yilun Chen em Hong Kong, ychen447@bloomberg.net;Lucas Shaw em Los Angeles, lshaw31@bloomberg.net