PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Concorrência aperta e Nestlé renova hambúrgueres vegetarianos

Thomas Mulier

23/08/2019 12h48

(Bloomberg) -- A Nestlé está reformulando a receita de seus hambúrgueres vegetarianos após meio ano no mercado e a maior concorrência com substitutos da carne.

Os produtos da linha Garden Gourmet Incredible Burger serão mais suculentos e terão sabor mais parecido com carne bovina grelhada, segundo comunicado da gigante suíça na sexta-feira.

A Nestlé também lançará uma alternativa à carne moída chamada Garden Gourmet Incredible Mince na Áustria, Alemanha, Noruega e Suécia no mês que vem. O produto à base de soja pode ser moldado em bolinhos ou cozido como carne bovina crua.

O presidente Mark Schneider está renovando a linha de imitações de carne enquanto concorrentes recém-chegadas como Beyond Meat e Impossible Foods caem no gosto popular. O executivo vem pressionando seus gestores a acelerar o desenvolvimento de produtos como o Incredible Burger e aceitar a ideia de que talvez precisem se reformulados.

A Beyond Meat já chegou com força ao segmento de fast food e alimentação em alto volume após colaborações com Tim Hortons, Dunkin' Donuts e Aramark. Os hambúrgueres da Impossible Foods, de capital fechado, entraram nos cardápios de aproximadamente 10.000 restaurantes -- incluindo as redes White Castle, Red Robin e Burger King.

A Nestlé começou a vender a linha Incredible Burger na Europa em abril e pretende introduzir uma versão chamada Awesome Burger nos EUA no último trimestre do ano. A empresa se recusou a comentar sobre a perspectiva para expandir seu relacionamento com a McDonald's, que vende Incredible Burger na Alemanha.

A linha Incredible Burger ainda não chegou ao mercado britânico, um dos mais promissores para substitutos de carne segundo Wayne England, responsável pela divisão de alimentos da Nestlé. Neste ano, a companhia encerrou testes com outros itens da linha Garden Gourmet no Reino Unido com um cliente não identificado e parou de vender a linha de produtos no país, disse a porta-voz da empresa.