PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Diretores financeiros esperam recessão nos EUA, diz pesquisa

William Edwards

18/09/2019 09h27

(Bloomberg) -- Mais da metade dos diretores financeiros dos Estados Unidos projeta que a economia do país entrará em recessão em 12 meses. O otimismo dos executivos está no menor nível desde 2016 diante das perspectivas de deterioração dos ganhos e da dificuldade de encontrar profissionais qualificados.

Cerca de 53% estimam que a economia vai entrar em recessão no terceiro trimestre de 2020, enquanto 67% esperam uma recessão até o fim do ano que vem, de acordo com a pesquisa Duke University/CFO Global Business Outlook divulgada na quarta-feira. O relatório mostrou que o índice de confiança caiu de 65,7 para 65,6 no terceiro trimestre. A pesquisa foi baseada em respostas de 225 empresas nos EUA.

Em comparação, segundo economistas consultados pela Bloomberg, a probabilidade de recessão nos EUA é de 35% em 12 meses.

"Os CFOs se mantiveram otimistas em muitas partes do mundo nos últimos seis ou oito anos. Não mais", disse em um vídeo o professor de finanças da Duke University e autor do relatório, John Graham. "Nos Estados Unidos, o número de CFOs estão mais pessimistas supera os mais otimistas com uma margem de cinco para um."

A incerteza econômica é a principal preocupação entre os diretores financeiros, de acordo com a pesquisa, já que o lento crescimento global e as tarifas comerciais diminuíram as expectativas de crescimento dos lucros e investimento. A segunda maior preocupação, consistente com pesquisas realizadas nos últimos anos, é a dificuldade de atrair e reter funcionários qualificados.

Curiosamente, 36% dos diretores financeiros dos EUA enfatizaram os efeitos negativos do persistente cenário de baixas taxas de juros, incluindo empresas que assumiram dívidas demais e a incapacidade de investidores de obter um retorno razoável do investimento.

Embora o pessimismo sobre a economia dos EUA tenha aumentado no último trimestre, os diretores financeiros de outras regiões se mostraram ainda mais negativos. Cerca de sete em cada 10 entrevistados na Europa e na Ásia disseram acreditar que as recessões em seus países devem começar no terceiro trimestre de 2020.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net