IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Fundo soberano de Cingapura faz alerta sobre economia global

David Ramli

19/09/2019 13h12

(Bloomberg) -- O responsável por um dos maiores fundos soberanos do mundo quer mandar um recado: os mercados estão cada vez mais turbulentos e os investidores enfrentam um futuro muito incerto.

Lim Chow Kiat, presidente do GIC, fundo soberano de Cingapura, mais uma vez soou o alarme sobre o estado da economia mundial, condenando o populismo, o protecionismo comercial e a menor capacidade dos governos e mercados de proporcionar prosperidade em larga escala.

"Nestes tempos de crise, os investidores dificilmente conseguem encontrar uma saída", disse na quinta-feira no início do GIC Insights, o evento anual sobre liderança do grupo. Os investidores "enfrentam incertezas crescentes, mas retornos decrescentes. Segundo alguns indicadores, a incerteza sobre as perspectivas econômicas é atualmente a mais alta já registrada. Além disso, os formuladores de políticas parecem ter munição limitada para expandir as economias. "

Lim disse em março que o GIC estava preocupado com o alto nível de incerteza no ambiente de investimento global e, em julho de 2018, havia alertado que os retornos seriam menores nos próximos anos com a escalada das disputas comerciais.

Na quinta-feira, Lim disse que, apesar dos temores, os investidores estão migrando para ativos mais arriscados porque, com cerca de US$ 17 trilhões em títulos com rendimentos negativos, podem acabar perdendo dinheiro de outra maneira. "É um dilema", afirmou.

A OCDE rebaixou quase todas as previsões econômicas feitas no início do ano, dizendo que o cenário global "se tornou cada vez mais frágil e incerto". A organização acrescentou que as tensões comerciais estão abalando "cada vez mais a confiança e o investimento".

Quanto à forma como o GIC vai navegar em águas turbulentas, Lim sugeriu que o aumento das reservas em dinheiro pode ser uma resposta.

"Quando confrontado com incertezas, é aconselhável ter opcionalidade", disse à plateia de executivos de alto escalão.

O GIC é o sexto maior fundo soberano do mundo, com estimados US$ 440 bilhões em ativos sob gestão, de acordo com o Sovereign Wealth Fund Institute.

--Com a colaboração de Jake Lloyd-Smith.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia