IPCA
0,1 Out.2019
Topo

EUA e China fecham acordo parcial e podem definir trégua, dizem fontes

Presidente dos EUA, Donald Trump, encontra o presidente chinês, Xi Jinping, durante reunião do G20 em Osaka, no Japão - REUTERS/Kevin Lamarque
Presidente dos EUA, Donald Trump, encontra o presidente chinês, Xi Jinping, durante reunião do G20 em Osaka, no Japão Imagem: REUTERS/Kevin Lamarque

Jenny Leonard

11/10/2019 14h41

Os EUA e a China chegaram hoje a um acordo parcial que deve levar a uma trégua na guerra comercial e lançar as bases para um acordo mais amplo a ser assinado pelos presidentes Donald Trump e Xi Jinping ainda este ano, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

Como parte do acordo, a China concordaria com algumas concessões agrícolas e os EUA forneceriam algum alívio tarifário. O acordo é provisório e está sujeito a alterações enquanto Trump se prepara para se encontrar com o vice-primeiro-ministro da China Liu He hoje mais tarde.

Trump tuitou mais cedo que "coisas boas" estavam acontecendo nas reuniões - e que, se os países chegassem a um acordo, ele seria capaz de assiná-lo sem um longo processo de aprovação do Congresso.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia