PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Bayer enfrenta avalanche de processos contra herbicida Roundup

Tim Loh

30/10/2019 11h00

(Bloomberg) -- A Bayer enfrenta uma onda de processos que alegam que o pesticida da empresa causa câncer, aumentando a pressão das negociações para fechar acordos.

Existem 42.700 processos nos Estados Unidos contra o Roundup - o herbicida herdado com a compra da Monsanto -, depois que advogados foram à caça de novos clientes em meio às negociações iniciadas pela Bayer em maio. A informação mais recente da empresa alemã apontava para 18.400 processos em julho. No início deste mês, a Bayer havia dito que esperava um aumento do número de processos.

Com a crise, a Bayer perdeu mais de US$ 30 bilhões em valor de mercado. A empresa, que inventou a aspirina, perdeu três batalhas judiciais nos EUA, perdeu o voto de confiança de acionistas e enfrenta especulações sobre uma divisão dos negócios. A fabricante alemã de medicamentos e produtos químicos entrou com recurso contra as sentenças e insiste que o Roundup é seguro.

A empresa também divulgou lucro acima do esperado na quarta-feira e confirmou suas projeções, aliviando o receio de investidores de que vendas fracas na unidade de crop science no início deste ano forçariam um corte das estimativas.

A avalanche de novos processos contra o Roundup significa que a Bayer pode tentar fechar um acordo mais rapidamente antes que mais pessoas decidam processar a empresa, disse em entrevista Carl Tobias, professor de direito da Universidade de Richmond, antes da Bayer divulgar os novos dados dos processos.

A Bayer também pode optar por esperar com a expectativa de uma vitória nos tribunais para ganhar alguma influência nas discussões, segundo Tobias. "É arriscado quando você perde três em sequência", disse. "Essa é a aposta. E se eles perderem quatro, cinco e seis?"

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net