PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Startup de software para pedidos de alimentos mira IPO nos EUA

Crystal Tse e Liana Baker

07/01/2020 09h18

(Bloomberg) -- A Olo, uma empresa de software para pedidos de alimentos que tem o fundador da rede Shake Shack Danny Meyer no conselho, planeja um IPO nos Estados Unidos este ano, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A empresa com sede em Nova York poderia tentar um valuation de cerca de US$ 1 bilhão em uma oferta pública inicial, disse uma das pessoas, que pediu para não ser identificada. A Olo, cujo nome é uma abreviação de "pedir on-line" em inglês, conversou com potenciais assessores no fim de 2019, disseram as pessoas.

Nenhuma decisão final foi tomada e os planos podem mudar, disseram as pessoas. A oferta pública inicial poderia levantar pelo menos US$ 300 milhões, segundo uma das fontes.

Um representante da Olo não quis comentar.

O software da Olo potencializa programas de fidelidade e permite que restaurantes administrem pedidos e definam menus personalizados, de acordo com o site da empresa. Em junho de 2019, a Olo fechou uma parceria com o Uber Technologies para que os consumidores possam fazer pedidos do Uber Eats diretamente nos sistemas dos restaurantes, de acordo com comunicado.

Os serviços de entrega de alimentos têm sido foco do mercado de IPO no ano passado. A Postmates disse em fevereiro que tinha registrado um pedido confidencial de IPO. O Uber Eats foi apontado como um veículo fundamental de crescimento no IPO de US$ 8,1 bilhões do Uber em maio passado. A DoorDash avalia trocar um IPO por uma listagem direta, disseram pessoas a par dos planos. A Olo também tem parcerias com a DoorDash e Postmates.

A Olo foi fundada em 2005 como um serviço de pedidos de alimentos por mensagem de texto. A empresa recebeu investimento de US$ 40 milhões do Raine Group em 2016 e de US$ 18 milhões da Tiger Global Management no ano passado, de acordo com documentos da empresa.

A empresa de software anunciou no ano passado que tinha um projeto com o Google para que os clientes comprassem diretamente de restaurantes por meio de buscas no Google.

Meyer, diretor-presidente do Union Square Hospitality Group, foi nomeado membro do conselho da Olo em 2015, segundo comunicado na época.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Repórteres da matéria original: Crystal Tse New York, ctse44@bloomberg.net;Liana Baker em N York, lbaker75@bloomberg.net