PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Tesla inaugura era de competição de fato na China

Bloomberg News

07/01/2020 10h25

(Bloomberg) -- A Tesla deu largada à produção na China, marcando um grande passo na ambição global do CEO Elon Musk de dominar o mercado de veículos elétricos e sinalizando o início da concorrência real no maior mercado de veículos elétricos do mundo.

Na terça-feira, Musk liderou uma cerimônia na nova fábrica de bilhões de dólares nos arredores de Xangai - a primeira da empresa fora dos EUA -, onde a Tesla entregou ao público os primeiros sedãs Model 3 fabricados na China, sendo o primeiro um sedã branco para um residente da cidade vizinha de Wuxi. Tecnicamente, as entregas começaram na semana anterior, mas foram exclusivas para funcionários.

A produção local pode ajudar Musk a aproveitar o momentum da empresa no país, que também é o maior mercado do mundo para modelos tradicionais movidos a gasolina. A Tesla pisa na China com preços não muito maiores do que os de fabricantes locais, como NIO e Xpeng Motors, enquanto aumenta a concorrência para gigantes globais como BMW e Daimler.

Musk também apresentou o crossover Model Y ao mercado chinês, dizendo que a demanda pelo veículo deve superar a dos outros modelos combinados da Tesla. Outros planos incluem abrir um centro de design e engenharia na China para que a Tesla possa futuramente desenvolver um novo carro na unidade, disse o executivo.

A empresa carro-chefe de Musk, cujo nome foi inspirado no famoso inventor Nikola Tesla, cujo falecimento completa 77 anos nesta terça-feira, precisará evitar uma repetição das falhas experimentadas em sua primeira fábrica de automóveis na Califórnia, onde a empresa enfrentou meses de complicações ao aumentar a produção do Model 3. Depois de constantemente ficar aquém das metas ambiciosas de Musk, a fabricante de carros elétricos queimou bilhões de dólares e quase ficou sem reservas.

As ações da Tesla subiram 26% no ano passado, enquanto o S&P 500 acumulou alta de 29%. A demanda por ações da Tesla aumentou desde que a empresa surpreendeu ao divulgar lucro trimestral no fim de outubro.

To contact Bloomberg News staff for this story: Chunying Zhang Shanghai, czhang714@bloomberg.net