PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

CEOs europeus e ministros lançam campanha para recuperação verde

Ewa Krukowska

14/04/2020 13h56

(Bloomberg) -- Uma nova aliança de ministros, diretores-presidentes e pesquisadores pediu que a União Europeia molde o pacote de recuperação após a crise do coronavírus em torno da estratégia Green Deal de crescimento sustentável.

O grupo, uma iniciativa liderada por Pascal Canfin, deputado francês do Parlamento Europeu, pressiona a mobilização de investimentos em projetos que colocariam a UE no caminho certo para atingir o objetivo de se tornar o primeiro continente neutro em carbono até meados do século. Os líderes do bloco, que no mês passado prometeram um foco verde em uma estratégia de saída da crise do coronavírus, devem discutir na próxima semana medidas no valor de mais de meio trilhão de euros (US$ 550 bilhões) para ajudar a mitigar o impacto econômico da pandemia.

"A vontade política está aqui", disseram 180 parlamentares, líderes empresariais, pesquisadores e organizações não governamentais em comunicado. "Já temos os planos e a estratégia. Projetos como o Green Deal Europeu e outros planos nacionais de desenvolvimento de carbono zero têm enorme potencial para recuperar nossa economia e contribuir para um novo modelo de prosperidade."

A Europa busca zerar as emissões de gases de efeito estufa até 2050 em sua limpeza ambiental de longo prazo. O Green Deal, lançado pouco antes do surto de coronavírus, revisará desde o transporte até a produção de energia e a agricultura, colocando as ambições da Europa para o combate da mudança climática à frente da maioria de outros grandes poluidores.

Embora países europeus ainda precisem se unir no combate à pandemia, a recuperação futura oferecerá à região a chance de desenvolver um novo modelo de prosperidade, de acordo com a ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, que está entre os signatários da iniciativa.

A Comissão Europeia, o braço executivo da UE, espera forte recessão neste ano devido à pandemia. O plano de recuperação deve consagrar a luta contra as mudanças climáticas como "o núcleo da estratégia econômica", disseram os membros da aliança, que também inclui ministros da Áustria, França, Itália, Luxemburgo e Suécia e os CEOs da Iberdrola, Unilever, Volvo e EON.

"Se relançarmos a economia na direção errada, vamos bater contra o muro da crise climática", disse Canfin, presidente da comissão ambiental do Parlamento da UE. "Precisamos unir todas as energias para uma recuperação verde."

©2020 Bloomberg L.P.