PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

China planeja estender horário de negociação de títulos

Bloomberg News

29/05/2020 07h47

(Bloomberg) -- A China planeja estender o horário de negociação de seu principal mercado de títulos, em nova medida para atrair investidores globais quando enfrenta desafios econômicos sem precedentes e desvalorização cambial.

O horário de negociação no maior mercado de títulos interbancários do país será prolongado de forma gradual para atender totalmente investidores em diferentes fusos horários, disse Li Meijing, do departamento de mercados do Sistema de Comércio Cambial da China (CFETS, na sigla em inglês) em conferência on-line na sexta-feira. O CFETS é uma divisão do Banco Popular da China, o banco central do país.

Como primeiro passo, o horário de negociação será estendido para 20h, hora de Pequim, para atender investidores europeus, disse. Atualmente, as transações de mercado interbancárias, incluindo títulos e swaps de taxas de juros, fecham antes das 17h, horário local.

A promessa marca outra iniciativa de reguladores chineses para melhorar o acesso a investidores estrangeiros ao segundo maior mercado de títulos do mundo. No início deste ano, o maior banco e a maior corretora da China começaram a oferecer cotações da dívida chinesa durante as sessões de Londres e Nova York.

Li acrescentou que o CFETS adotará outras medidas para facilitar o acesso de investidores estrangeiros e também oferecerá incentivos para a participação no mercado de derivativos de taxas de juros onshore.

No final de março, as posições de investidores estrangeiros em títulos domésticos chineses haviam aumentado cerca de 28% em relação ao ano anterior, para 2,3 trilhões de yuans (US$ 322 bilhões), segundo o PBOC.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia