Bolsas

Câmbio

China paralisa bolsas pela primeira vez devido a fortes quedas

Xangai (China), 4 jan (EFE).- As bolsas chinesas viveram nesta segunda-feira, pela primeira vez em sua história, uma paralisação temporário de 15 minutos em seus pregões, simultaneamente em Xangai e Shenzhen, em virtude das novas regras que entraram em vigor precisamente hoje.

O indicador seletivo utilizado, o chamado índice CSI 300, que reúne o rendimento combinado de 300 companhias de ambos os pregões, caiu mais de 5% na sessão vespertina de hoje, exatamente o percentual que implica, segundo as novas regras, na suspensão temporária dos mercados por 15 minutos.

Caso as perdas continuem após essa pausa e cheguem a 7% no CSI, as bolsas chinesas podem suspender suas cotações durante o resto do dia, por isso fechariam pela primeira vez em sua história antes do horário habitual de encerramento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos