Calor provoca aumento de demanda elétrica e 85 mil ficam sem luz na Argentina

Buenos Aires, 22 jan (EFE).- Cerca de 85 mil pessoas ficaram sem luz nesta sexta-feira na região metropolitana de Buenos Aires devido ao aumento da demanda provocado pela forte onda de calor que atinge a Argentina, informaram fontes oficiais.

De acordo com informações divulgadas pelo Ente Regulador da Eletricidade (Enre), 56.560 usuários foram afetados por blecautes na área de concessão da companhia Ederno e 28.419 na de Edesur.

O Serviço Meteorológico Nacional tinha previsto que hoje seria um dos dias de mais calor no verão do país, com máximas de até 36ºC e sensação térmica de 40ºC.

Mais cedo, o ministro da Energia e Mineração da Argentina, Juan José Aranguren, tinha afirmado que o governo conseguiria manter o fornecimento sem precisar de "grandes cortes de eletricidade", apesar da previsão de um consumo extraordinário.

Aranguren informou que foi registrado um novo recorde de consumo no país, de 24.609 megawatts (mW), com projeção de ultrapassar a barreira dos 25.300 mW nas próximas horas.

"Conseguimos atender a demanda a partir dos 23 mil mW gerados localmente e os demais importados, principalmente do Brasil e do Uruguai", explicou Aranguren em entrevista coletiva.

O ministro disse que a falta de investimentos nos últimos dez anos levou o país a viver situações de blecaute, mas garantiu que nos próximos dois anos essa "situação emergencial será solucionada e teremos um serviço de acordo com os países desenvolvidos".

Os moradores de Buenos Aires já tinham sofrido com cortes prolongados de energia no fim de dezembro e no início deste mês. É o quinto ano consecutivo que os dias mais quentes no país são acompanhados por falhas no fornecimento de eletricidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos