Delta também oferece troca de passagens por conta do zika vírus

San Juan, 28 jan (EFE).- A companhia americana Delta se somou ao grupo de empresas aéreas que está oferecendo trocas de passagem às mulheres grávidas que planejavam viajar para lugares com a presença do zika vírus, confirmou nesta quinta-feira à Agência Efe o porta-voz Morgan Durrant em um comunicado escrito.

Durrant indicou que alguns clientes com passagens e preocupados em viajar para destinos onde o vírus foi detectado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) "podem pedir uma troca de destino, data da viagem ou reembolso".

A empresa aérea apontou que as pessoas interessadas em nas trocas de passagens têm até o dia 29 de fevereiro para notificá-la.

Desta forma, a Delta se une a outras companhias aéreas, entre elas American Airlines, que ofereceram trocas de voos e algumas inclusive o reembolso das passagens às mulheres grávidas que tinham previsto viajar para países do Caribe e da América Latina afetados pelo zika.

O Departamento de Comunicações da American Airlines disse à Agência Efe em comunicado escrita que sua política, "implementada desde segunda-feira passada, permitirá a uma cliente receber reembolso se fornecer uma notificação médica de que não pode viajar para um destes países por gravidez".

A lista de lugares que esta empresa aérea inclue em seu alerta são Brasil, Colômbia, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Martinica, México, Panamá, Porto Rico e Venezuela.

Além disso, a maior companhia aérea do mundo garantiu que seguirá "observando a situação e serão feitas mudanças em nossa política atual caso seja necessário".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos