Weibo se antecipa ao Twitter e permite mensagens com 2 mil caracteres

Pequim, 28 jan (EFE).- O serviço de microblogs chinês Sina Weibo, equivalente ao Twitter (bloqueado na China), permite agora postagens com até 2 mil caracteres, diferentemente dos apenas 140 permitidos até agora, antecipando-se aos planos da emprezsa americana, que segundo rumores pode introduzir essa mudança no futuro.

Desde essa quinta-feira, os usuários "VIP" do Sina Weibo - aqueles que pagam uma cota mensal de cerca de US$ 1,5 - já podem publicar mensagens de até 2 mil caracteres, e em 28 de fevereiro, passado um mês de teste, esta possibilidade será ampliada a todos os usuários, cerca de 200 milhões (o Twitter tem 300 milhões).

A mudança foi recebida com relativa tranquilidade na rede social chinesa e não é um dos temas mais populares do dia, mas houve bastante usuários VIP que se queixaram de que por enquanto só podem escrever longas mensagens desde o computador, não através do telefone celular.

Em idioma chinês, muitas palavras têm apenas um caractere e a maioria é de unicamente dois ou três, por isso que antes da mudança de hoje as mensagens do Sina Weibo podiam transmitir muito mais informação que o Twitter em outros idiomas.

Os rumores do fim do limite dos 140 caráteres no Twitter despertaram intensos debates nessa e outras redes sociais, embora ainda não houve confirmação nesse sentido pela empresa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos