Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,25%

Nova York, 18 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em baixa de 0,25%, arrastado pelos maus resultados do Wal-Mart e pendente outra vez mais do preço do petróleo.

Ao final do pregão, o principal índice da Bolsa de Nova York perdeu 40,40 pontos, para 16.413,43. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,47%, até 1.917,83, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 1,03%, aos 4.487,54.

Os operadores em Nova York começaram o pregão com avanços moderados e atenção no preço do petróleo, embora pouco a pouco seus indicadores foram se avermelhando impactados pelos resultados do Wal-Mart.

A rede de supermercados decepcionou os investidores com suas contas do último trimestre e suas previsões para o próximo ano e suas ações caíram na bolsa.

Enquanto isso, o barril de petróleo do Texas, de referência nos Estados Unidos, avançou 0,36% e fechou em Nova York em US$ 30,77 dólares. Já o Brent, de referência na Europa e em outros mercados, caiu 0,63% e terminou em Londres a US$ 34,28 o barril.

Nesta quinta-feira divuglado que as reservas de petróleo dos EUA aumentaram na semana passada em 2,1 milhões de barris e se situaram em 504,1 milhões, embora continuem em números não vistas em mais de oito décadas.

Em segundo plano ficou um dado melhor do que o esperado sobre o mercado de trabalho, já que as solicitações semanais do seguro desemprego caíram em sete mil na semana passada e ficaram em 262 mil, seu menor nível desde o fim de novembro.

Quase todos os setores em Wall Street terminaram o dia em números vermelhos, com destaque para o energético (-0,76%), o financeiro (-0,70%), o tecnológico (-0,46%), o de matérias-primas (-0,24%) e o industrial (-0,11%).

O Wal-Mart liderou as perdas no Dow Jones, com uma queda de 3,06%, seguido por Goldman Sachs (-2,16%), Apple (-1,90%), Chevron (-1,79%), Caterpillar (-1,68%), JPMORGAN Chase (-1,63%), McDonald's (-1,33%), Visa (-1,10%) e Dupont (-1,04%).

Por outro lado, os lucros foram liderados por IBM (5,04%), Johnson & Johnson (1,66%), Verizon (1,23%), American Express (1,01%), Boeing (1,00%), Nike (0,74%), Exxon Mobil (0,55%), Coca-Cola (0,28%), United Technologies (0,27%) e 3M (0,10%).

Em outros mercados, o ouro subia a US$ 1.235,2 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos descia até 1,737%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos