Bolsas

Câmbio

Dow Jones fecha em baixa de 0,74%

Nova York, 29 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,74%, apesar de uma alta do preço do petróleo nos mercados internacionais.

Ao final do pregão, o principal índice da Bolsa de Nova York perdeu 123,47 pontos, para 16.516,50. Já o seletivo S&P 500 caiu 0,81%, até 1.932,22, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 0,71%, aos 4.557,95.

Desta forma, o S&P 500 e o Nasdaq terminaram fevereiro com prejuízos acumulados de 0,43% e 1,22% respectivamente, e já somam três meses seguidos de números vermelhos, algo que não ocorria desde 2011, enquanto o Dow Jones obteve um leve ascensão de 0,27%.

Os operadores no pregão nova-iorquino protagonizaram hoje uma sessão de grande volatilidade, na qual se debateram entre os avanços e os retrocessos, embora na última hora de contratações tenham pendido a balança para o lado das vendas.

Os três indicadores fecharam em terreno negativo apesar de o preço do petróleo ter se recuperado nos mercados internacionais: o barril do Texas subiu 2,96% e terminou o dia em Nova York cotado a US$ 33,75, enquanto Brent avançou 2,47% em Londres, até US$ 35,97.

Com exceção das matérias-primas (0,57%), os demais setores em Wall Street terminaram em números vermelhos, entre eles o sanitário (-1,49%), o financeiro (-0,63%), o tecnológico (-0,58%), o industrial (-0,55%) e o energético (-0,31%).

O banco JP Morgan Chase (-2,17%) liderou as perdas no Dow Jones, seguido por Exxon Mobil (-1,94%), Pfizer (-1,85 %), Unitedhealth (-1,84%), Home Depot (-1,69%), Nike (-1,61%), United Technologies (-1,1%), Dupont (-1,04%) e Chevron (-1,02%).

Por sua vez, os avanços foram puxados pela fabricante de maquinaria pesada Caterpillar (1,24%), na frente de American Express (0,36%), Walt Disney (0,22%), McDonald's (0,11%) e Boeing (0,02%).

Em outros mercados, o ouro subia para US$ 1.239,5 a onça, enquanto a rentabilidade dos títulos da dívida pública americana com prazo de dez anos recuava até 1,738%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos