Avião solar chega à Califórnia depois de atravessar o Pacífico

Redação Central, 24 abr (EFE).- O avião Solar Impulsione II, movido 100% a energia captada do Sol, aterrissou neste domingo na cidade de Mountain View, na Califórnia, nos Estados Unidos, após atravessar o Oceano Pacífico.

Na tentativa de ser a primeira aeronave sem combustível ou emissão de poluentes a dar a volta ao mundo, o avião aterrissou às 6h45 GMT (3h45 em Brasília), após sobrevoar a Baía de São Francisco e Ponte Golden Gate, segundo o site oficial do projeto (www.solarimpulse.com). O aparelho, pilotado por Bertrand Piccard e André Borschberg, realizou um voo de três dias e três noites a partir do Havaí em um percurso de 4.528 quilômetros.

O projeto sofreu um grande percalço na chegada ao Havaí, onde a aeronave teve de ficar por quase 300 dias para solucionar as avarias surgidas no longo voo feito do Japão ao arquipélago. O avião solar tinha partido da cidade japonesa de Nagóia em 28 de junho do ano passado e realizou um voo recorde durante cinco dias e noites (um total de quase 118 horas e 8.900 quilômetros) até à ilha americana. A dureza do voo e das condições atmosféricas danificaram as baterias e a equipe aproveitou a parada no Havaí para repará-las, incorporar tecnologia melhorada e realizar vários testes.

A ideia do Solar Impulsione é conscientizar e convencer os governos do mundo inteiro a optar por soluções tecnológicas que permitam preservar o meio ambiente. A previsão é de que agora ele siga para Nova York, de onde seguirá para Europa, norte da África e Abu Dhabi, onde a viagem começou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos